Cadastre-se e receba novidades:

Nome


E-mail

Neville - Haras Figueira do Lago

New Prada - Stud Everest

Palavra Cantada - Haras do Morro

Nerd - Haras Figueira do Lago

Ile Nue - Haras do Morro

New Prada - Stud Everest

Heintz - Jorge Olympio Teixeira dos Santos

Madame Indy - Haras do Morro

Omega Tres - Haras Iposeiras

Danish Ship - Stud Rotterdam

Mstraubarry - Stud Verde

Rei do Caviar - Coudelaria Atafona

Melhor Maneira - Stud Verde

Hispaniola Time - Haras Iposeiras

Gene Pool - Stud Best Friends

Tenacious - Stud Ilse

Manancial - Stud Everest

Antigua - Coudelaria Atafona

La Gorda - Stud H & R

Joka Tango - Haras do Morro

I Saw Everything - Stud H & R

Quero Bis - Haras Clark Leite

Nebula - Jorge Olympio Texeira dos Santos

Hispaniola Time - Haras Iposeiras

Sulina - Jorge Olympio Teixeira dos Santos

Rita Di Cascia - Haras Clark Leite

Mais Que Bonita - Stud Eternamente Rio

It Came From - Stud H & R

Nergy Of Tiger - Stud Cajuli

Manancial - Stud Everest








Novembro | 2020

Oasis Negro surpreende e vence o 52° Grande Prêmio Bento Magalhães.
01/11/2020 - 23h36min

JCPE

Um Bento Magalhães cheio de surpresas marcou a 52ª Edição da maior prova do turfe nordestino. A principio esperava–se uma prova com seis ou no máximo sete animais com dois francos favoritos. General Bobby e Olhar Mágico, mas a primeira surpresa foi no abrir da urna. Dez animais haviam sido inscritos nos 2.400 metros no páreo mais aguardado do ano, o Grande Prêmio Bento Magalhães. Durante a semana, proprietários e treinadores tiveram que se apressar a procura de jóqueis devido a mudança no calendário do JCB. W.Xavier que viria montar os animais do Stud 13, foi substituído por M.Platini que deu um show nas montarias de Genuíno e Firewhip. C.G. Neto que vinha a passeio substitui o L.Henrique que de ultima hora teve que cancelar sua vinda. A.M.Silva, que foi anunciado que montaria a égua Filandesa, mas depois foi confirmado no dorso do filho de La Fúria Negra, que deu a vitória para o Stud The Barros.

Durante a semana que antecedeu o Bentão, uma tradicional família do turfe, que vive turfe 24 horas por dia, 365 dias no ano, se dedicaram na preparação do animal. O titular do Stud era quem passeava o cavalo, o tio. J.A.Barros o treinador, Sérgio e Davi os cavalariços e assim como no ano de 2019 quando venceram a milha com o animal Kim Boy, todos se uniram para até então tentar vencer o que parecia impossível. Vencer o Bento Magalhães desbancado no mínimo quatro dos mais bem cotados pera levar o troféu. Até o dia da corrida era só expectativa para a família de jóqueis, treinadores, cavalariços. Porque para 90% do publico Oasis Negro era apenas um participante da magna prova. É chegado o grande dia, dia da corrida com as arquibancadas lotadas mesmo com a pandemia do vírus chinês, onde a direção do Jockey tomou todas as precauções sanitárias para receber o público. Com o atraso devido ao fotochart do 6º páreo entre Super Academy e Hortelão, as 17h15min os dez animais alinharam da seta dos 2.400 metros em busca da maior conquista do turfe nordestino.

Na largada, o franco favorito General Bobby e Parigi saíram emparelhados seguidos de Kosovo, Oasis Negro, Lion King e os demais competidores que se alternavam nas posições intermediárias. Na primeira passagem em frente ao publico que já vibravam intensamente com o desenrolar do páreo, Parigi segue ensinando o caminho com Genral Bobby em segundo, depois Lion King, Caetano da Serra e por fora Oasis Negro galopando tranquilo com A.M.Silva no dorso. No inicio da reta oposta, o General decidiu ir para frente do pelotão e foi comandando a tropa até a saída da reta oposta quando vários animais inclusive Oasis Negro e os cotados Olhar Mágico e Forte Cheyenne se aproximam do líder.

Na reta de chegada o General entrou procurando a raia de fora, e por dentro vinham em forte atropelada Forte Cheyenne e Olhar Mágico, faixa de General Bobby, dando a impressão que decidiriam a corrida já que o General estava praticamente batido. Nos 300 finais, o jóquei A.M.Silva, 29 anos que iniciou no Projeto Jóqueis do Futuro montado animais da raça pônei, sentiu que seu pilotado estava inteiro e tinha boas reservas. A.M.Silva com muita classe e mão de rédea avançou por dentro e foi passando um a um dos favoritos e no final com o General fora de combate ele travou uma luta com o único forasteiro do páreo o Forte Cheeynne que também não resistiu a bravura do filho de La Fúria Negra, que estava enfurecido querendo decidir quem ficaria com o cobiçado troféu do Grande Prêmio Bento Magalhães 2020.

Durante as comemorações muitas lagrimas de felicidades e emoções. O emotivo Diego Barros, reviveu o sonho de 2019, só que dessa vez com mais intensidade. Junto com amigos, familiares e proprietários de outros animais que vieram cumprimentar e parabenizar o grande vencedor da tarde. Diego também fez questão de agradecer ao todos que colaboraram com essa conquista desde da indicação do cavalo Oasis Negro até a grande vitória na maior prova do turfe nordestino o Grande Prêmio Bento Magalhães.

Por Francisco Mendonça



<< Anterior Próxima >>








13.025

12.844



















Coudelaria Atafona

Coudelaria FBL

Coudelaria Intimate Friends

Coudelaria Jessica

Coudelaria Pelotense

Haras Clark Leite

Haras Iposeiras

Haras Depigua

Haras Figueira do Lago

Haras do Morro

Haras Old Friends

Haras Planície

Haras Vale do Stucky

Jorge Olympio
Teixeira dos Santos

Ronaldo Cramer
Moraes Veiga

Stud Brocoió

Stud Cajuli

Stud Capitão

Stud Cariri do Recife

Stud Cezzane

Stud Embalagem

Stud Everest

Stud Gold Black

Stud H & R

Stud Hulk

Stud Ilse

Stud La Nave Va

Stud Palura

Stud Quando Será?

Stud Recanto do Derby

Stud Rotterdam

Stud Spumao

Stud Terceira Margem

Stud Turfe

Stud Verde

Stud Wall Street
  Associação Carioca dos Proprietários do Cavalo Puro-Sangue Inglês