Cadastre-se e receba novidades:

Nome


E-mail

Kremlin - Stud Hulk

Energia Half - Stud Hulk

Onzaneiro - Stud Beto & Fafa

Guaruman - Haras Planicie

Divina Luz - Stud TNT

Idiome - Coudelaria Atafona

Energia Important - Stud Gold Black

Patureba - Sinval Domingues de Araujo

Sweet Nana - Stud Hulk

Quociente - Stud Gold Black

Dolce Gusto - Stud TNT

Casual Elegance - Ronaldo Cramer Moraes Veiga

Bobita - Sinval Domingues de Araujo

Janet Jackson - Sinval Domingues de Araujo

Regal Ares - Stud Beto & Fafá

Jorge Cassas - Ronaldo Cramer Moraes Veiga

Umbelievable - Sinval Domingues de Araujo

Degola - Stud TNT

Coldplay - Stud Hulk

Jet Set Event - Sinval Domingues de Araujo

Idiome - Coudelaria Atafona

Quociente - Stud Gold Black

Patureba - Sinval Domingues de Araujo

Over-Mint - Ronaldo Cramer Moraes Veiga

Lucky Winner - Sinval Domingues de Araujo

Energia Iluminada - Sinval Domigues de Araujo

Vecchia Signora - Stud TNT e Haras Old Friends

Xelim Austríaco - Stud Gold Black

Casual Elegance - Ronaldo Cramer Moraes Veiga

His Wonderful - Stud Mengão 1981







Neste espaço são publicadas as manifestações dos nossos leitores.

O RAIA LEVE acolhe opiniões sobre todos os temas ligados ao turfe.
Reserva-se, no entanto, o direito de rejeitar ofensas, acusações insultuosas e/ou desacompanhadas de documentação. Eventualmente, os e-mails poderão ser checados. O site não tem o compromisso de publicar todas as mensagens recebidas. A publicação, quando ocorrer, se dará na íntegra ou parcialmente, privilegiando-se os trechos mais relevantes.

O Raia Leve, depois de pedidos de leitores e deliberação da diretoria da ACPCPSI decide que além da checagem de CPFs e identidade virtual costumeiramente feitas, só publicará mensagens de internautas que respondam e-mail confirmando a identidade. Desta forma, a editoria do site pede aos internautas que respondam e-mail da associação com a máxima rapidez possível quando solicitados a fim de ter a liberação de seu comentário, bem como assegurem-se que o e-mail raialeve@raialeve.com.br esteja definido como um endereço que não seja encaminhado para a caixa de Spam.





Agosto | 2016

José Henrique (24/08/2016) - Rio de Janeiro/RJ

Boa noite.

Ninguém tocou no assunto, mas não custa nada comentar, o número de animais indóceis nas partidas da gávea é muito grande, parece até normal, a C C não toma uma providência, alô C C vamos fiscalizar.

Christian Sharp (24/08/2016) - Rio de Janeiro/RJ

Como eu desconfiava a nossa CC rasgou o código de corrida.

Estou novamente reportando o caso do animal Xaxamutema que após obter o sexto lugar no dia 15/08 chegando a 10 3/4 corpos do vencedor , participou novamente no dia 19/08 e venceu.E as duas corrida foram na mesma chamada " claiming G ".

Esse J. Borges é muito protegido e não houve nenhum comunicado da CC e coitado do C. Ricardo que pegou a suspensão de 30 dias pelo mesmo motivo.

Mesma medida só que com dois pesos.

Rubens Luiz Ferreira Gusso (23/08/2016) - Curitiba/PR

"GRANDE PRÊMIO PARANÁ - JOCKEY PLAZA SHOPPING CENTER 2016"

Disputado desde 1942, o Grande Prêmio Paraná de Turfe é uma das mais importantes corridas de cavalo do Brasil, bem como um dos mais importantes eventos socioculturais do Estado do Paraná. No próximo domingo (28), a competição voltará a ser realizada no Hipódromo do Tarumã, em Curitiba, e promete atrair um grande público para as dependências do hipódromo.

Em sua versão 2016, o Grande Prêmio Paraná (que conta com o patrocínio do Jockey Plaza Shopping Center) será disputado na distância de 2.000 metros em pista de areia, e contará com 9 concorrentes: Bartholomeu, Etzel, Emperor Cat, First Amour, Açuzão, Béjart, No

Ar, Notável Macho e Blessed Tiger. Vencedor do Derby Paranaense, o cavalo First Amour deverá dividir o favoritismo da prova com Etzel, que venceu a corrida preparatória para o GP Paraná. A disputa da prova está programada para as 16h30 deste domingo, sendo que o proprietário do animal ganhador receberá uma premiação de R$ 50.000,00.

A programação de domingo no Jockey Club do Paraná contará, ainda, com a realização de outras 8 corridas, com destaque para os Clássicos Governador do Estado (em 1.600 metros), Ciro Frare (em 1.200 metros, no qual competirá o melhor velocista do Brasil na atualidade, Wenzel Blade) e Primavera (em 1.600 metros, somente com a participação de éguas). O primeiro páreo está marcado para as 13h30, com entrada e estacionamento gratuitos. 

Na sexta-feira (26) véspera do GP Paraná, 7 corridas marcarão a inauguração da nova iluminação artificial da pista do hipódromo O primeiro páreo da programação está marcado para as 18 horas, também com entrada e estacionamento gratuitos. Após as corridas, a partir das 21 horas serão realizadas as apostas de arremates para as provas clássicas de domingo, no Salão João Adhemar de Almeida Prado 

SERVIÇO:

PROGRAMAÇÃO SOCIAL E ESPORTIVA DO GRANDE PRÊMIO PARANÁ - JOCKEY PLAZA 2016:

DIA 26/08

SEXTA-FEIRA

- 18:00 às 21:00h -

Corridas noturnas e Inauguração da nova Iluminação da pista do Hipódromo do Tarumã.

- 21:00h -

Arremates após o último páreo para as corridas de domingo (provas clássicas). Local Salão João Adhemar de Almeida Prado.

DIA 28/08 DOMINGO

- 12:00h - ALMOÇO

NO SALÃO BENTO MUNHOZ DA ROCHA NETO - SERVIDO PELO BUFFET BELONI (Cardápio, reservas e informações 41-30294565 95198238). R$ 50,00/pessoa. Traje Esporte. 13:00h

- COQUETEL NO SALÃO JOÃO ADHEMAR DE ALMEIDA PRADO - (Reservas e informações na Secretaria do Jockey (41-30752121) ou no site www.jockeypr.com.br. Adesão R$ 100,00/pessoa. Traje na varanda e Tribuna de Honra: Passeio Completo. Aquisição de convites deverá ser feita exclusivamente por sócios do JCPR. Cobertura do programa Jet Set/Reinaldo Bessa.

- 14:00 às 18:00 –

Realização de nove páreos inclusive cinco provas clássicas. Programação completa no site www.jockeypr.com.br Estacionamento e Ingresso gratuitos.

- Atrações para o público: Food Trucks; Brinquedos Infantis; Pôneis, Charrete e Cavalos para caminhadas e passeios com monitores.

Muito espaço verde para a diversão da família!

Transmissão ao vivo para todo o Brasil pela TV Jockey e TV Turfe/PMU.

Antonio Moura (23/08/2016) - Niterói/RJ

O "X" DA QUESTÃO

Perfeito, Márcio - a anterior metodologia simplificava, além do mais, o estudo do apostador. Quer dizer que estimulava as apostas e o MGA.

Bons e velhos tempos!

.. e parabéns por sua mais que oportuna manifestação.

Antonio Moura

Márcio J.R.Oliveira (23/08/2016) - Rio de Janeiro/RJ

Boa tarde,

A tabela de chamada atual não é ruim,mas a anterior ao índice técnico(I.T),sem sombra de dúvidas era melhor,o problema desta tabela de animais perdedores e animais ganhadores é que as vezes causa este transtorno de gerar dúvidas quanto a formação dos páreos tanto para proprietários como para treinadores,digo isto porque, neste sistema de ganhadores todos os animais tem que ser aproveitados,claro que sei que existe o bom senso para não prejudicar os animais com menos vitórias,mas sai prejudicado o animal que tem mas vitórias, deu pra entender,sempre vai haver alguém prejudicado.

Acredito eu,que a chamada por numero de vitórias seja a ideal, até hoje não consegui saber porque houve esta mudança abrupta que levou ao enfraquecimento do movimento de apostas e perda de muitos animais com idade avançada 5, 6 e 7 anos, e agora todos estão sofrendo com isso.

Vamos voltar ao que estava dando certo, com alguns ajustes se for o caso, fazendo com que todos saiam ganhando e sem prejuízos para um ou para outro,abraço.

Carlos Ferreira (23/08/2016) - Rio de Janeiro/RJ

Sr. Marco Menegotto,

OK, meu prezado, não vamos nos aborrecer à toa. Ambos temos mais o que fazer. O importante é curtirmos nossos cavalinhos e nos divertirmos com eles. Isto é o que vale.

Em tempo: respeito todas as suas opiniões. Não as julgo erradas. Apenas divirjo de algumas, certo?

Sds.

Marco Menegotto (23/08/2016) - Rio de Janeiro/RJ

Sr. Carlos Ferreira,

Conheço muito bem a tabela de distância com as chamadas, obrigado. Sugiro não nos alongarmos mais nesta questão, uma vez que nenhum de nós irá convencer o outro de sua posição.

No que se refere a o que fazer com meus cavalos, peço que se preocupe com os seus. E quanto ao chio, pago meu trato e compromissos com o JCB em dia, portanto sempre que me sentir prejudicado ou entender que alguma coisa está prejudicando a melhoria do turfe, vou chiar, goste o senhor ou não.

P.S. Pode ter certeza que acompanharei de perto as inscrições dos animais e que quando situação contrária acontecer, farei questão e usarei de todos os meios cabíveis para que o meu animal seja incluído no páreo.

Carlos Ferreira (22/08/2016) - Rio de Janeiro/RJ

Sr. Marco Menegotto,

Se o Sr observar a tabela de chamada que está em vigor, verá que apenas existe separação entre animais sem vitória e animais ganhadores. Não existe mais separação entre animais de uma, duas, ou mais vitórias. A diferença entre os mais e os menos ganhadores é estabelecida apenas com a sobrecarga de 3 kg por vitória. Esta enturmação permite que em um mesmo páreo, por exemplo na turma de 4 anos, um animal com 1 vitória desloque 58 kg, um de 2 vitórias vá com 61 kg e um com 3 vitórias vá com 64 kg.

Esta é a regra do jogo em vigor. Portanto, nada a reclamar. Se achar que o páreo saiu forte, deixe o seu animal na cocheira e espere outra oportunidade ou corra para tirar segundo, que já paga o trato. É assim que faço com os meus.

Sds.

Ivor Lancellotti (22/08/2016) - Rio de Janeiro/RJ

Olá turfistas, boa noite,

A gente gostaria de ficar mudo, mas quando ligamos a TV pouco antes do primeiro páreo de cada reunião na Gávea e os três comentarista, (agora são três) marcam o programa de cabo a rabo dá vontade de cravar todos ,pois eles dão como certo o programa todo e muito fácil! Então a gente que comprou a revista, leu e não encontrou nenhuma crava nem para o Pck3 começa a desistir ou duvidar da nossa escolha.

Gente! Comentem só os páreos corridos e não os páreos que vão correr! Isso para não atrapalhar mais o que já é muito difícil.Todos nos estudamos e ninguém é professor!

Abraços

Waldir Alves de Souza (22/08/2016) - Rio de Janeiro/RJ

GP PARANÁ

No próximo dia 28 do corrente será realizado o GP Paraná.

O programa com retrospecto da magna festa encontra-se disponível no site do Jockey Club de São Paulo.

O festival terá início a partir das 13:30 horas, com a realização de 9 provas de bom nível.

No terceiro páreo, Clássico Ciro Frare (L), em 1200 metros, o chão irá tremer com as presenças de Wenzel Blade e Out Of Town.

No quarto páreo, Clássico Primavera (L), para éguas de 3 e mais anos, aparente equilíbrio entre a local Pura Emoção e a paulista Cabin Sky, mas surpresas podem acontecer.

Na quinta carreira, Clássico Governador do Estado (L), muito equilíbrio com vários postulantes a vitória. Olho no canter e na pedra.

Sexto páreo, GP Paraná (G3). Minha torcida vai para o representante da blusa presidencial, o muito bom First Amour.

Desejo sucesso total a brava diretoria do Jockey Club do Paraná!!!

Turfistas, é hora de prestigiar... o TURFE PARANAENSE MERECE!!!

Marco Menegotto (22/08/2016) - Rio de Janeiro/RJ

Prezado Carlos Ferreira,

Sou proprietário desde 2002 e já estive na situação inversa diversas vezes (cavalo meu ficou na cocheira mesmo tendo saído a turma de baixo) e nunca reclamei.

Também não disse que é contra o regulamento, mas não é o correto. As turmas devem ser misturadas com bom senso, buscando a formação do maior número de páreos possíveis e o bem da maioria.

Se o páreo tivesse 5, 6 ao até 7 competidores seria coerente incorporar ao páreo uma égua ou mais da turma de cima (melhor isso do que não formar o páreo) , mas neste caso, está favorecendo 1 égua em detrimento de 10.

Pode ter certeza que se a Effizient fosse de minha propriedade, ela teria ficado na cocheira, não teria sido incorporada ao páreo.

Carlos Ferreira (22/08/2016) - Rio de Janeiro/RJ

Prezados Senhores Antonio Moura e Marco Menegotto,

As inscrições formaram o páreo de uma vitória e não formaram o de duas. Então porque não misturar com a sobrecarga em quem tem duas vitórias. Se fossem proprietários da égua com duas vitórias e não misturassem o páreo certamente iriam reclamar. Sem chio. O que foi feito está no regulamento.

Sds.

Antonio Moura (22/08/2016) - Niterói/RJ

PODE, ARNALDO - PODE!

Sr. Marco Menegolo,

Regras foram criadas exatamente para isto - serem transgredidas; é o já famoso "princípio do papel higiênico", jamais se rasga onde está picotado!

Assim na política como na atividade privada... Manda quem pode, obedece quem tem juízo!

Vida que segue.

Antonio Moura

Marco Menegotto (22/08/2016) - Rio de Janeiro/RJ

Acrescento a meu post anterior que a mistura de enturmação ocorre quando não se tem o número necessário de animais nas duas turmas, o que não é o caso já que tem 10 animais da mesma turma de 1 vitória.

Marco Menegotto (22/08/2016) - Rio de Janeiro/RJ

Vejam o páreo abaixo formado para o próximo domingo:

Páreo 408) 1.000 (Grama): LA BELLE FIGHTER 55 (1)/GENUINE TIGER 55 (2)/EFFIZIENT 58 (3)/TOUT SWEET 55 (4)/UMA MALAGUETA 55 (5)/JANET JACKSON 55 (6)/LA MAJA DESNUDA 55 (7)/XIQUE PRATEADA 55 (8)/SOL E FORZA 55 (9)/FUTUROSA 55 (10)/REBOCULOSA 55 (11)

Só tem uma égua de 58kg (Effizient), ou seja, 2 vitórias, todas as demais são 1 vitória (lembro que agora a diferença de peso entre as vitórias baixou de 4kg para 3kg).

Detalhe é que essa mesma égua vindo de reaparecimento ganhou esse mesmo páreo de galope.

Pode isso Arnaldo??????

Christian Sharp (22/08/2016) - Rio de Janeiro/RJ

Será que teremos mesmo peso e duas medidas ?

C.Ricardo suspenso ( Gato do Mar ) e agora J Borges / J.C. Coelho ( Xaxamutema ) , quero saber como a nossa CC julgará ?

Essa dupla J. Borges / J.C. Coelho não saem da pedra de suspensos . Por este motivo sugiro que a CC passe a duplicar ou triplicar as penas para estes profissionais ( ! ) .

Que a CC publique as penas impostas a estes profissionais ( ! ) nos últimos dois anos.

Carlos Ferreira (21/08/2016) - Rio de Janeiro/RJ

Prezados,

Todo o turfista que conhece corridas de cavalos sabe que o que faz o animal render não é o chicote e sim o braço do jóquei na tocada. Existem exceções, no caso de animais muito manhosos, mas mesmo assim, o chicote tem que ser associado ao braço do piloto. Em geral, o uso exagerado do chicote pode ser associado a jóqueis de menor categoria.

João Tomczak (21/08/2016) - Curitiba/PR

Com relação ao uso imoderado do chicote, observem as conduções do M.Almeida. Ele só castiga na anca dos seus conduzidos (as). Por outro lado, acho que o Marcelo Cardoso, um dos melhores professores que já vi como professor da ESCOLINHA DE JÓQUEIS, e como jóquei também, deveria mostrar vídeos dessas atuações aos aprendizes e futuros, bem como alguns jóqueis atuais.

Claudio da Silva (20/08/2016) - Rio de Janeiro/RJ

Boa tarde, li algumas postagens sobre uso imoderado do chicote. Cheguei a seguinte conclusão, é mais importante do que o apostador que se sente prejudicado,por uma decisão da comissão de corridas, que prejudicou vários apostadores ,como foi o meu caso, vou jogar nas loterias da CEF e assistir as corridas que é de graça.

Arthur Stern (20/08/2016) - Qingdao/CH

Sempre acompanho o espaço do leitor e enquanto fui presidente desta associação me sentia inapto a usá-lo como sempre usei com o receio da minha opinião pessoal ser confundida com a opinião da ACPCPSI.

No entanto, agora, como nosso querido Presidente Jorge Olympio (que me deu a honra de ser convidado à sua diretoria), me sinto um pouco mais à vontade para externar minhas opiniões e, à medida do possível, apesar da distância, tentarei ser mais presente.

O amigo Marcello Faveret tocou em um assunto de extrema importância! Grande parte dos aficionados pelo turfe (e me incluo nestes) é absolutamente apaixonado pelos cavalos de corrida e não admitem qualquer mau trato a este tipo de animal.

Gostaria de aproveitar a oportunidade para me desculpar com nosso Presidente Jorge Olympio por não estar conseguindo participar do dia a dia da ACPCPSI como gostaria (limitado a alguns e-mails) mas ressaltando que Jorge está cumprindo um trabalho fantástico à frente da ACPCPSI, exatamente como essa associação precisava.

Grande abraço a todos,

Arthur

Antonio Moura (19/08/2016) - Niterói/RJ

O USO IMODERADO DO CHICOTE

Oportuna a manifestação do ilustre turfista Marcello Faveret (que assino embaixo), sobre este relevante tema.

Está mais do que na hora da C.C. agir com mais rigor e, de preferência, recomendar também 

que a direção da Escola de Aprendizes fortaleça, desde já, nos jovens e promissores alunos, a técnica adequada para uso desta ferramenta.

Quem é do ramo sabe perfeitamente que o maior rendimento do animal não está atrelado a castigos físicos de qualquer natureza; muito pelo contrário - não é apanhando que o PSI vai ao limite da sua capacidade locomotora!

Seria excelente que mais participantes deste Espaço entrassem sobre o tema, na tentativa de sensibilizar, tão breve quanto possível, os senhores da hora!

Antonio Moura

Marcello Faveret (19/08/2016) - Rio de Janeiro/RJ

Excesso de rigor com os animais!

Que belo exemplo deu o COI ao desclassificar um cavaleiro brasileiro das provas de salto nas Olimpíadas 2016 por uso imoderado da espora. O referido piloto foi eliminado da competição, por ter ferido, até sangrar, a sua montaria.

Tal atitude bem que poderia ser seguida pela nossa CC punindo certos jóqueis que com frequência tem abusado do uso do chicote.

Vários deles, não só tem perdido páreos ao se preocuparem, nos metros finais, apenas em chicotear os seus animais como também tem propiciado "espetáculos" de péssima qualidade aos apostadores.

Verdadeiros espancamentos!

Márcio J.R.Oliveira (17/08/2016) - Rio de Janeiro/RJ

Venho por meio deste pedir encarecidamente aos responsáveis pela formação das chamadas que os animais REPICADOS principalmente os que correm na noturna de segunda feira sejam inscritos na chamada de segunda feira posterior a corrida,dando assim pelo menos 07 dias de descanso ao animal,falo isto pois é a segunda vês que tenho animais que correram na segunda feira e saíram repicados para sexta feira,a primeira vês foi pior( corri na segunda 01/08 e saiu para quinta feira 04/08,conclusão fiz o forfait livre(R$400,00 +montaria R$40,00 e inscriçãoR$102,00),esta semana a mesma coisa corri dois animais segunda feira 15/08 e os dois saíram para sexta feira dia 19 /08,os dois tinham restrição com pedido para segunda,acho até que este assunto poderia ser levado a DOUTA COMISSÂO DE CORRIDAS para ser avaliado e sair na resolução,pois é um bem comum,abraço a todos e espero que esta idéia seja aproveitada.

Márcio J R Oliveira (17/08/2016) - Rio de Janeiro/RJ

Meu amigo Franco, ouvi falar nos matinais que a DIRETORIA DA ASSOCIAÇÃO DE PROFISSIONAIS,está se mobilizando para fazer esta compra junto a GUABI,seria bom se algum destes DIRETORES viessem a este site dar mais explicações a respeito do assunto e confirmar a veracidade do mesmo,pois tanto profissionais quanto proprietários estão agonizando na U T I, só esperando os aparelhos serem desligados. 

Abraços a todos e ( TIME IS MONEY).

Francisco Rodrigues (17/08/2016) - Rio de Janeiro/RJ

Diante dos preços abusivos praticados pelos revendedores de Ração etc ,dentro do hipódromo da gávea .

Sugiro que a associação dos profissionais da gávea façam a compra direto na fábrica e repassando para os profissionais a preços de custo já que há caixa disponível. 

Acredito essa idéia vai de encontro ao desejo dos profissionais. 

Essa é a hora da associação agir.

Claudio da Silva (16/08/2016) - Rio de Janeiro/RJ

Lendo o relatório da comissão de corridas, no que se refere ao assunto que levantei a respeito de dois jóqueis reclamarem e o páreo foi confirmado.

A referida comissão suspendeu o jóquei que prejudicou os dois a 150 metros do vencedor, recebeu três dias de suspensão. Assim, os apostadores que fizeram seus jogos nos outros dois cavalos prejudicados, rasgam as poules, em troca de três dias de suspensão.

Parece que não mudou nada.

Gostaria de saber se a comissão de corrida é remunerada, porque ninguém da almoço de graça.

Antonio Moura (15/08/2016) - Niterói/RJ

A ARTE DE BEM CAVALGAR TODA A SELA

Detesto ser repetitivo, mas vou ter que fugir à regra desta vez, com a promessa de que não mais entrarei no Espaço com este assunto.

O fato é que a menina tem dado demonstrações de alta qualidade e, francamente, é opinião geral que estamos mesmo diante de uma estrela de primeira grandeza. Eu sei que é cedo ainda e apenas os primeiros passos foram dados, mas Thadeu, emérito turfista e palpiteiro de plantão, insiste em lembrar-me da filiação da moça:

- "Não esquece de falar que ela é filha de Borboleta e Enciclopédia, sangue régio".

Ah, - então é por isso! Papagaio bem informado.

Antonio Moura

Claudio da Silva (15/08/2016) - Rio de Janeiro/RJ

O MGA está descendo, um dos motivos que eu acho, é por exemplo o resultado do segundo páreo de ontem, domingo, dois jóqueis reclamaram, houve nítido prejuízo, entretanto o páreo foi confirmado. O apostador, não acha dinheiro em árvore, assim, quando joga, é sempre menos pra passar tempo. Acho que deveriam explicar porque o páreo foi confirmado, por melhor transparência.

Marco Antonio Santos (15/08/2016) - Niterói/RJ

A imcompetência continua !

Zero para o marketing do J C B e sua Copa das Nações. Qual o agente de viagem que vai indicar o  o J C B para um turista. Um lugar sem a menor infraestrutura e sem opções de lazer. Com banheiros sujos, úmidos e escuros, que mais parecem uma caverna, restaurantes e lanchonetes ao nível dos da Central do Brasil.

Apenas nas cabeças desarrumadas dos marketeiros !

Vejam o público presente e o M G A.

Luiz Antonio Molleta (14/08/2016) - São José dos Pinhais/PR

Tempo da prova : 1’17"75

Record da distância : 1’17"10 1300 m Las Piedras

A 6 corpos e meio chegou o segundo colocado.

Luiz Antonio Molleta (14/08/2016) - São José dos Pinhais/PR

Da lhe Ghadeer estreia com Vitória em Las Piedras no terceiro páreo em 1300 m páreo de duas vitórias. 

As duas estréias de filho de E do Sul em Las Piedras com vitória.

Carlos Roberto dos Reis (14/08/2016) - Rio de Janeiro/RJ

Bom dia:

Quero parabenizar esta aprendiz que deu uma direção digna da família MOTA, VITÓRIA este nome que significa tudo para seu pai. Um homem que luta contra a balança para continuar montando, Dando direções magnificas como aquela ontem no último páreo, uma aula que deve ser mostrada para os aprendizes da escola. Parabéns Alex Mota pelo dia de hoje, tenho certeza que este foi um dos melhores dia dos pais que você esta vivendo.

Mesmo sem te conhecer pessoalmente saiba que torço muito para sua VITÓRIA.

Roberto.

Antonio Moura (13/08/2016) - Niterói/RJ

O HOMEM CORDIAL

Motivos não me faltam para assim me referir ao titular do Haras Fátima e Marcio, sempre que o assunto é turfe; é do Sr. Orlando Rocha o animal Afetuoso, vencedor do primeiro páreo desta sexta-feira, que marca de forma emblemática a primeira vitória da aprendiz de jóquei Victória Mota.

Sobre Victória Mota, a acrescentar que nunca nestes meus mais de cinquenta anos de turfe, assisti uma estreia com tamanha demonstração de qualidade e de vocação para o ofício; superou, de sobejo, a minha melhor expectativa, notória pelo singelo texto desta manhã no Espaço do Leitor.

Aproveito o ensejo para mandar um abraço ao sr. Orlando, que de quando em vez encontro na rua da Alfândega nos salões da FASP, onde defendo nas reuniões de classe os interesses da minha Entidade. E agradecer-lhe, uma vez mais, pela cavalheiresca recepção que nos proporcionou, a mim e a meu irmão Fernando, à época em que era Presidente do glorioso Hipódromo dos Canaviais. É um favor que acho que jamais vou poder pagar!

Um abraço e votos de que o Fátima e Márcio ressurja na sua força total; o turfe necessita, como água da fonte, de proprietários da sua estirpe e do seu amor aos cavalos de corrida.

Antonio (e Fernando, aqui ao meu lado) Moura

José Tito de Aguiar (12/08/2016) - São Bernardo do Campo/SP

Parabéns a Diretoria do JCB quanto a decisão de devolver o valor apostado em caso de falta de peso do animal pois o apostador estava sendo prejudicado duas vezes, o prêmio não recebido e o valor apostado.

Espero que as outras entidades tenham a mesma postura.

Parabéns também a quem levantou a questão se não estiver enganado foi o Sr. Paulo Gama neste mesmo espaço.

Claudio Renan Mothé (12/08/2016) - Rio de Janeiro/RJ

Victória

Como o seu nome indica, você é uma vitoriosa. Parabéns pela sua estréia no Afetuoso, do meu amigo Orlando Rocha, treinado pelo seu avo Cai Cai. Lembro de voce, no colo da mamãe Juliana, no Haras Verde e Preto, do Beto Solanes, onde o seu papai Alex Mota trabalhava os cavalos.

Stud Claudia te aguarda.

Muito orgulho, muita emoção. 

Claudio Renan Mothé.

Antonio Moura (12/08/2016) - Niterói/RJ

UMA NOVA ESTRELA NO FIRMAMENTO DA GÁVEA

Quem sai aos seus não degenera; o céu é o limite para Victória Mota!

Na feérica torcida,

Antonio Moura

Waldir Alves de Souza (11/08/2016) - Rio de Janeiro/RJ

O meu texto de 09/08, é bem claro: 

"...Suzana Davis, a precursora entre as joquetas". Nada além disso!

O Beto Rodrigues, autêntico craque das coisas do Turfe, lembrou corretamente o nome da Rosely Rhomberg. Esta sim, foi realmente a precursora "entre as joquetas".

Feito o registro, aproveito para mandar um grande abraço ao Beto Rodrigues e ao Leonel Alvim.

Marcello Faveret (11/08/2016) - Rio de Janeiro/RJ

Caro Paulo Gama,

Bem lembrada pelo Mirabeau a Dona Inah, ela sim foi a real precursora

Pessoa de temperamento difícil mas tinha paixão pelos seus animais tanto os cavalos quanto os cachorros.

Sua cocheira era uma fortaleza muito bem vigiada pelos inúmeros cães que possuía.

Os cavalos recebiam nomes iniciados por Typhoon ( Second, Daughter e etc) e as éguas por Sea ( Venum, Prince e tantas outras ).

Dona Inah se afastou da profissão ali pelo final da década de 60 e mudou-se com toda a tropa e os inseparáveis cães para um sítio na serra aonde eu suponho que ela tenha permanecido até o fim de sua vida.

Mirabeau Porto (10/08/2016) - Rio de Janeiro/RJ

Prezado Paulo Gama.

Parabenizo pela excelente matéria publicada ontem (Estas mulheres incríveis e maravilhosas...)

Apenas uma observação saudosista:

Dê uma pesquisada sobre INAH DE MORAES. A verdadeira pioneira!

Busque Prudente de Moraes Neto, Rondó dos Cavalinhos, Rondó dos Cavalões...

Turfista de primeira hora, primeira mulher a obter matrícula de treinadora de cavalos de corridas no JCB. Esposa de Prudente de Moraes Neto, jornalista que não se faz necessário exaltar neste espaço (Correio de Notícias, Correio da Manhã...) e que também escrevia sob o pseudônimo de Pedro Dantas.

(reza a lenda turfística que Dnª Inah chegava à cocheira da Vila Hípica, onde mantinha os animais sob seu treinamento, de "revólver na cinta e chicote na mão"...)

Diz a história que, senhora refinada e viajada (fez cursos de "entraînement du cheval de course" na Europa) e também jornalista como seu marido, assinava a coluna "Rondó dos Cavalões" onde, em contraponto ao "Rondó dos Cavalinhos", não se referia a cavalos propriamente ditos mas sim aos dirigentes do JCB.

Esta atitude levou ao JCB alterar seus estatutos sociais, proibindo expressamente que seus associados exercessem concomitantemente a atividade de "Profissional do Turfe".

Se quiser iniciar pesquisa sobre a história desta verdadeira "incrível pioneira", sugiro procurar a página 10 da edição de 12 de agosto de 1961 do Correio da Manhã, encontrável na Internet.

Esta mensagem é destinada ao cronista, não sendo necessário publicá-la no site.

Sds. Mirabeau

Luis Alberto Rodrigues de Souza (10/08/2016) - Rio de Janeiro/RJ

Bom dia amigos Paulo Gama e Waldir Alves de Souza, 

Ao rol das joquetas que por aqui atuaram lembraria também a Rosely Rhomberg.

Abraços, Beto.

Leonel Alvim (09/08/2016) - Porto Alegre/RS

Sr. Waldir Alves de Souza!

Muito boa sua lembrança, sobre a Suzana Davis e sua invejável performance no Cristal e em outros Hipódromos.

E, ainda podemos acrescentar mais um item em seu "Currculum", há muitos anos Suzana Davis é a Starter Oficial do Hipódromo do Cristal!! Se não estou errado, não sei de outra Starter Mulher nestas funções. Alguém sabe?

Abraços aos Turfistas!

Leonel Alvim

Waldir Alves de Souza (09/08/2016) - Rio de Janeiro/RJ

Caro Paulo Gama:

Concordo plenamente com o seu texto. Porém, saudosista que sou, lembro ainda os nomes de Suzana Davis - a precursora entre as joquetas -, e Janaina Isabel. 

Suzana iniciou na profissão no início da década de 70, no Cristal, conquistando centenas de vitórias e mostrando sua técnica ao público turfista no Brasil e no exterior. 

Na década de 90, no Cristal, foi a vez de Janaina Isabel carregar o bastão e exibir sua perícia no manejo das rédeas aos amantes do turfe brasileiro. 

Saudações tricolores!!!

Leo Friedberg (08/08/2016) - São Paulo/SP

Caro Fabio Amorim de Pelotas, vc não é bidu para saber, mas se vc estivesse falando na TV e viesse uma notícia que uma parente de 1* GRAU< apareceu com uma destas doenças gravíssimas apareceu, vc teria condições de continuar no ar ?

Marco Aurélio de Souza Lage (07/08/2016) - Niterói/RJ

Inoportuna, inconveniente e anti ética a colocação da comentarista do JCB, ao citar que na desclassificação do cavalo High Hours, o erro não era do animal, principalmente por tratar-se de uma ex-profissional, sabendo-se que numa situação dessas em que dois animais tentam chegar ao disco na frente, muitas vezes o profissional usa de defender o páreo, fato normal, ficando a decisão para a douta CC.

Ainda mais, sabendo que teremos nos próximos dias a estréia de sua promissora filha como joqueta.

Fabio Amorim (06/08/2016) - Pelotas/RS

O Sr jair bala,deveria ter um pouco mais de educação com o pessoal que trabalha com ele e principalmente com os turfista,no clássico simplesmente desistiu do canter e restante das informações do Pareo.Att

Rômulo Augusto Ewald (04/08/2016) - Curitiba/PR

Como sempre os artigos do Sérgio Barcelos primam pela excelência, um prazer lê-los !! Que sejam sempre publicados, pois turfe é também cultura !! 

Abraços. Rômulo

Marcus Jose Andrade da Cunha (03/08/2016) - Ponta Grossa/PR

O maior inimigo de Cidade jardim, esta sendo sua própria chamada. limitadíssima. no momento que tiverem humildade para reconhecer e deixar de ouvirem pseudos "experts", o MGA vai começar a subir. Independente do pagamento ou não dos prêmios.

Uma pena.

Miguel Barros Camara Leão de Souza (03/08/2016) - Rio de Janeiro/RJ

Prezado Paulo Gomes

Obrigado pelas suas palavras, mas penso que sem sorte não teríamos alcançado o "bicampeonato" do Superbetting. Os estudos que fazemos não ficam presos a favoritismos, porque todos sabemos que apenas 30% dos favoritos vencem por reunião. O Superbetting pelo valor de R$ 2,00 por combinação é mais difícil, e em muitos casos os apostadores optam por fazer o pick 3 final com combinações que envolvem estes três páreos. Se você parar para pensar, os três últimos páreos de domingo tiveram em EROS THE LORD e CARIOCA GIRL como favoritos em seus páreos e EDÚ BIANCO foi segunda força no último páreo. Na segunda feira, os três favoritos das últimas provas venceram : GUARUMAN = ISHVARA = LOVE YOU. As dificuldades maiores se deram nos animais que formaram as duplas, Pode ter havido muito apostador que tenha acertado o pick 3 final nestas duas reuniões e que não tenha acertado o Superbetting, até porque muitas vezes preferiu não arriscar sua grana nesta difícil modalidade.. Por isso penso q ue os responsáveis deveriam estudar um meio de mudar os páreos ou de Superbetting ou do pick 3 final, para evitar a "concorrência" entre eles. Já sugeri isso a algumas pessoas lá no Jockey, mas acho que não gostaram muito da minha ideia Importante é que a partir do momento que me prontifiquei a criar o blog Miguel Leão, fiz sabendo que a autonomia para escrever sobre turfe era essencial para uma credibilidade junto àqueles que me acompanham. Recebo muito e-mail agradecendo por dicas, mas penso que as críticas construtivas ajudam muito, já que comentar corridas de cavalos (sem saber o peso ou ver o cânter), não é tarefa das mais fáceis. Indicar apenas o retrospecto não é difícil, sair do lugar comum ( sem invenções ou estudos baseados em retrospectos antigos) , é fundamental. Por isso algumas marcações que faço no blog sem convicção, faço questão de repartir isso com aqueles que me seguem e acreditam nos meus estudos. E saber reconhecer o erro, também é fundamental para ter r espaldo junto a todos que como você nos prestigia. O resumo ! da seman a que escrevo toda terça feira procura traduzir de uma maneira geral tudo que aconteceu pelos dois lados das carreiras. ou seja, o positivo e principalmente o negativo. Importante que meu blog é feito sem fins lucrativos (faço como hobby), e aqueles que me conhecem, sabem a lisura como que o mesmo é feito. Ganhar ou perder, faz parte do jogo. 

Abraço e obrigado mais uma vez pelas suas palavras, e vamos seguir caprichando.

Miguel Leão (www.miguelleao.com)

Paulo Cesar Gomes (03/08/2016) - Rio de Janeiro/RJ

A algum tempo atrás fazendo uma análise dos prognósticos dos profissionais que se dedicam a estudar os programas e comparando as mesmas com os resultados vis a vis com os comentários publicados consolidamos um raciocínio que divido com os leitores do Raia Leve.

Na realidade temos grupos diversos e indicações que diferem em razão da mídia a que os mesmos estão associados.

Temos os comentaristas oficiais que ficam meio que algemados aos favoritos. Deve ser meio obvio que os mesmos se apostam nas corridas e com o grau de relação que os mesmos tem com os profissionais do turfe _ treinadores, jóqueis, etc - acredito que tenham informações sobre cavalos com rateios mais elevados e que possuem uma grande chance de vitoria. Mas como os mesmos são patrulhados pelos apostadores acho que existe um receio de não indicar um cavalo favorito e ser execrado.

Lembro do Bolonha que tinha o famoso banho do dia. Era sempre um favorito que em sua opinião não iria emplacar.

Existe um outro grupo que são marcadores independentes e que ousam pules maiores com certo embasamento técnico e as vezes com algum tipo de informação - seja negativa ou positiva.

Dentre esses tenho o prazer de ter tido um contato maior com o Miguel Leão que possui um blog. Esta semana O Miguel acertou o Super Betting de Domingo e 2a.feira. Além de mandar uma mensagem para seu Blog gostaria de motiva-lo a continuar seus estudos que tanto ajuda os que acompanham seu blog. Dou um conselho: Continue a fugir do lugar comum porem com embasamento que o justifique.

Para concluir: Se eu fosse diretor da PMU ficaria de olho vivo no Miguel - turfe eh informação e isso o Miguel tem e gosta de dividir as informações com seus seguidores.

Bola pra frente.

Emerson Cunha (02/08/2016) - Curitiba/PR

Fantástico o A.MOTA com RÊ ESTRELA no sétimo páreo de sábado, apostei nela e devo a vitória a essa condução incrivel... Parabéns ao craque!!

Carlos Antonio Seabra Sales (02/08/2016) - Brasília/DF

Não é possível que nosso departamento de Marketing vai ignorar o mais novo turfista Paolo Guerreiro que está montando um verdadeiro time de craques para disputar os Grandes Prêmios por sua farda..

Vamos acordar moçada...

Roberto Machado (01/08/2016) - Rio de Janeiro/RJ

Para alguns dos senhores comentaristas e locutores da TV TURFE.

Não basta só insinuar que alguns jóqueis dão galopes no Turfe Internacional. Tem que mencionar aqueles nossos jóqueis que também fazem a mesma coisa para prejudicar os apostadores aqui no Rio de Janeiro.

Um abraço e vamos fazer um turfe mais limpo, digno e com transparencia.

Roberto Machado

Paulo Gama (01/08/2016) - Rio de Janeiro/RJ

BOA SORTE

Leandro Mancuso. Desejo muito sucesso a você nesta nova etapa de sua vida. Saiba que não será nada fácil trabalhar para o JCB. Mas um cara como você, que tem jogo de cintura, com certeza vai ter sensibilidade para driblar as dificuldades. O momento é bastante oportuno. Bons ventos sopram com esta nova diretoria. Tem muita gente do ramo, o que certamente vai facilitar a sua tarefa. Boa sorte. Foi um prazer ter trabalhado ao seu lado aqui no querido Raia Leve.










12.694

12.844





















Coudelaria Atafona

Coudelaria FBL

Coudelaria Intimate Friends

Coudelaria Jessica

Coudelaria Pelotense

Haras Iposeiras

Haras Depigua

Haras do Morro

Haras Fazenda Eldorado

Haras Old Friends

Haras Planície

Haras Vale do Stucky

Jorge Olympio
Teixeira dos Santos

Ronaldo Cramer
Moraes Veiga

Stud 13 de Recife

Stud Beto e Fafa

Stud Cajuli

Stud Capitão

Stud Cariri do Recife

Stud Elle Et Moi

Stud Everest

Stud Gold Black

Stud Hulk

Stud Ilse

Stud La Nave Va

Stud Mengão 1981

Stud Palura

Stud Quando Será?

Stud Recanto do Derby

Stud Rotterdam

Stud Sergio Barcellos

Stud Spumao

Stud Terceira Margem

Stud TNT

Stud Turfe

Stud Wall Street

  Associação Carioca dos Proprietários do Cavalo Puro-Sangue Inglês