Cadastre-se e receba novidades:

Nome


E-mail

Queijadinha - Haras do Morro

Neusely - Haras Figueira do Lago

Menina Veneno - Haras Figueira do Lago

Pepsi-Queen - Jorge Olympio Teixeira dos Santos

Atafona Beach - Coudelaria Atafona

Mais Que Bonita - Stud Eternamente Rio

Kasablanca - Stud H & R

Madison - Haras Figueira do Lago

Dracarys - Ronaldo Cramer Moraes Veiga

New Look - Haras Figueira do Lago

Queen Of Rio - Haras Clark Leite

Marlin Azul - Haras Figueira do Lago

Zyklus - Stud Cajuli

Mstraubarry - Stud Verde

Kassie’s Angel - Stud Eternamento Rio

Neusely - Haras Figueira do Lago

Gioia Bianca - Stud Wall Street

Gone Hollywood - Stud Verde

Principe Daniel - Ronaldo Cramer Moraes Veiga

Lisboeta - Haras Figueira do Lago

Madison - Haras Figueira do Lago

Northern Bold - Jorge Olympio Teixeira dos Santos

Zyklus - Stud Cajuli

Maclaren - Stud Wall Street

Guaruman - Haras Planície

Queen Of Rio - Haras Clark Leite

Haagen - Stud Ilse

Neno Maia - Jorge Olympio Teixeira dos Santos

Mate Quente - Haras Figueira do Lago

Ba Victoria - Stud Happy Again









Neste espaço são publicadas as manifestações dos nossos leitores.

O RAIA LEVE acolhe opiniões sobre todos os temas ligados ao turfe.
Reserva–se, no entanto, o direito de rejeitar ofensas, acusações insultuosas e/ou desacompanhadas de documentação. Eventualmente, os e–mails poderão ser checados. O site não tem o compromisso de publicar todas as mensagens recebidas. A publicação, quando ocorrer, se dará na íntegra ou parcialmente, privilegiando–se os trechos mais relevantes.

O Raia Leve, depois de pedidos de leitores e deliberação da diretoria da ACPCPSI decide que além da checagem de CPFs e identidade virtual costumeiramente feitas, só publicará mensagens de internautas que respondam e–mail confirmando a identidade. Desta forma, a editoria do site pede aos internautas que respondam e–mail da associação com a máxima rapidez possível quando solicitados a fim de ter a liberação de seu comentário, bem como assegurem–se que o e–mail raialeve@raialeve.com.br esteja definido como um endereço que não seja encaminhado para a caixa de Spam.





Fevereiro | 2020

José Marcos de Carvalho Travassos (26/02/2020) - Rio de Janeiro/RJ

Que nome damos quando o cavalo refuga na hora da partida? Qdo garoto os locutores chamavam de "forfais". Como se escreve? Obrigado.

Celso Carvalho (25/02/2020) - Rio de Janeiro/RJ

Só um jornalista brilhante como PG, poderia escrever uma coluna onde de maneira realista e sensível aponta problemas e impecilios no universo do turfe brasileiro e mais especificamente o carioca mas também com igual brilhantismo sugere algumas providências que com certeza contribuíram no enfrentamento da crise que atinge duramente proprietários, profissionais e apaixonados. Igualmente brilhante sua alusão ao carnaval, é absolutamente contemporânea.

Unidos por um turfe melhor nota 10 nota 10

Leo Friedberg (24/02/2020) - São Paulo/SP

Poxa, para mim, Jolie Olimpica é craque, vinha de correr 1.100 metros em 11 de janeiro, e agora, 40 dias depois, correu 500 metros a mais, em 1.600, contra das melhores éguas em atividade nos EUA nesta distancia, e eleita favorita, ponteou 1.595 metros e foi segunda,perdendo corrida íncrivel e sua invencibilidade.

Eduardo Pinto (24/02/2020) - Fortaleza/CE

Jolie Olimpica!

Boa égua. Uma boa égua!

Craque, não!! Craque ,não!!

Gilberto Domingues Werner (22/02/2020) - Porto Alegre/RS

O turfe foi o intenso carnaval da minha vida.

Claudio da Silva (22/02/2020) - São Lourenço/MG

Enfim veio um proprietário reclamar, porque parece que os proprietários e treinadores do centro de treinamento JCB, estão satisfeito de não haver corrida em nenhum dia, antes do carnaval. Com o MGA minguando dia a dia, estes serão os primeiros prejudicados quando chegar ao fundo do posso.

Marcelo Cavalcanti (20/02/2020) - São Paulo/SP

Muito bom. Texto bem pertinente em relação as corridas argentinas e falta de vontade e criatividade do turfe brasileiro (amador e pouco competente). Por esta e outras inúmeras razões, que o patamar do turfe argentino encontra-se (há tempos !!!) muito superior ao brasileiro. Mas não por falta de qualidade de nossos cavalos e profissionais, mas sim de quem administra o nosso turfe nos hipódromos.

Marcelo Cavalcanti

Proprietario

Stud Vale do Paraiso

José Antonio Barros (20/02/2020) - Rio de Janeiro/RJ

A mudança da pista segunda feira foi muito esquisito e até hoje não explicado, não tinha uma marca de uma poça de agua ou lama na pista, com certeza deve ter sido para não incomodar os trouxas que pagaram caro e foram ver aquele chatissimo jogo de tenis, alias devia se mudar o nome de JCB para JTB, pois dão pouco valor a verdadeira finalidade pra que foi criada, em favor de um chatissimo jogo que só os sócios ricos assistem e poucos ou quase nenhum jogam.

Roberto Fonseca (19/02/2020) - Brasília/DF

OPINIÃO: Um turfe que não oferece carreiras não se desenvolve

O Cristal abre e fecha nesta quinta-feira (20/2) a semana turfística em hipódromos nacionais ? pelo menos entre os clubes que realizam corridas em um sistema interligado de apostas em todo o país. Serão oito provas, com início às 14h45, com destaque para duas provas clássicas regionais destinadas a potros e potrancas de 2 anos. Parece inacreditável, mas a diretoria do Jockey Club do Rio Grande do Sul merece os parabéns por promover carreiras, o que nada mais é do que a obrigação. Afinal, vem aí uma pausa forçada nas carreiras nos principais clubes de corridas do país.

Durante o carnaval, nenhum páreo será realizado nos principais hipódromos do país. Os clubes hípicos de São Paulo e do Paraná têm boas desculpas. Na capital paulista, um grande evento será realizado nas dependências de Cidade Jardim. E a gestão tem se esforçado em oferecer duas programações quando precisa ficar uma semana sem dar corridas. Foi o caso dos fins de semana de 1º/2 e 15/16 de fevereiro. Em Curitiba, o Tarumã não tem realizado corridas aos sábados e domingos. E marcou para a quinta-feira da semana que vem (27/2), a sua reunião quinzenal.

E na Gávea? Qual a explicação para não ter carreiras? Em um intervalo de dois meses, é a segunda vez que o hipódromo mais forte do Brasil fica sem promover corridas por um mais de 10 dias (o JCB não realizou programação na semana anterior ao réveillon). Não é preciso pensar muito para perceber que alguma coisa está errada. Afinal, como um turfe que não realiza carreiras consegue se desenvolver? Qual o estímulo existe para a criação, para proprietários e para os profissionais?

Desculpas, existem mil. Em grupos de WhatsApp, há gente que diz que o trânsito fica infernal no Rio de Janeiro no período de folia. Mas não foi sempre assim? Como as corridas foram realizadas nos anos anteriores? Um bom administrador é aquele que consegue se antecipar aos problemas e resolvê-los. Deixar de dar corridas é a decisão mais cômoda, a mais simples possível.

O turfe no Brasil vive um momento crucial. Cada vez menos animais, cada vez menos turfistas, cada vez menos páreos. O Movimento Geral de Apostas na Gávea despencou. E deixar de dar corridas só faz piorar o cenário. Profissionais de turfe e proprietários reclamam das baixas premiações. Se o valor é pouco, imagina não receber nenhum. A mola deixa de girar e mais gente se afasta da atividade e vai tentar a vida em outro lugar. A verdade é que não oferecer corridas é a forma mais fácil de se manter o caixa do clube em dia. Com apostas em baixa, as reuniões são deficitárias. Mas, e como fica a atividade?

Como estão os planos para a melhoria da atividade? Vai ficar nesta pasmaceira? Em 23 de outubro, o JCB anunciou mudanças nas apostas e medidas que gerariam mais comodidade ao apostador. Um deles foi a extinta seguidinha ? sem esquecer que a bonificação da Supertri baixou para 80% e nunca mais se falou nisto.

Para março de 2020, existiam duas promessas. Uma era a Pedra Única Nacional. Em que pé está? Vai sair ou não? A outra era a utilização do ITSP HOST, protocolo internacional que permite às corridas do hipódromo da Gávea receber em em sua pedra local as apostas geradas nos EUA. Ou seja, o dinheiro jogado no exterior em vencedor, placê, exata, trifeta e quadrifeta entraria na totalização nacional. A pergunta é a mesma: em que pé está? Vai sair ou não? O silêncio não é um bom sinal.

* Texto publicado no Blog Ponta & Placê (pontaeplace.blogspot.com)

Carlos Eduardo de Santana Teixeira (19/02/2020) - Rio de Janeiro/RJ

POSTANDO FATOS

Entrevistador antes do 2º páreo, falei com o treinador da maquina do Raul e ele disse que irá correr lá atras, dada a largada, o favorito e maquina do raul saem brigando na frente, entram na reta e segue a briga entre o favorito e o animal que iria correr ultimo. Senhores quem está enganando a quem? o treinador quer enganar o entrevistador e os turfistas? será que o entrevistador quer confundir os turfistas? qual a razão dessas entrevistas? Porque insistem em dizer que isso é uma ajuda? Estão tão cegos que não percebem que isso só serve para desmoralizar treinadores e entrevistadores? Esse jogo se joga com dinheiro e não com feijões ou milho.

abs a todos

José Francisco Pereira Sousa (18/02/2020) - Porto Alegre/RS

Boa tarde a todos. Quero saudar e parabenizar aos turfistas CARLOS EDUARDO SANTANA TEIXEIRA, CELSO NOGUEIRA PARANHOS E IVOR LANCELOTTI pelos seus comentários e criticas ao atual estado de coisas que acontece no JCB. Por favor, não desistam Prossigam batendo firme neles, talvez algum dia eles aprendam.

Claudio da Silva (18/02/2020) - São Lourenço/MG

Boa tarde, alguém, sabe quando haverá eleição para presidente do jóquei? Porque talvez a Sua Aposta realize as corridas internacionais. Essa atual Diretoria, está mais preocupada com o torneio de tênis.

Carlos Eduardo de Santana Teixeira (18/02/2020) - Rio de Janeiro/RJ

Movimento de apostas na segunda feira não chegou os 600 mil, quando será que vão aprender?

- Comentaristas de verdade que comentem os páreos, sem bajulações.

- Modalidades que os turfistas gostem.

- Entrevistas com treinadores antes dos páreos (jamais um treinador irá dizer que seu animal não tem chance, então essas entrevistas se tornam inúteis)

- Comissários de Corridas que atuem da mesma maneira, com ou sem transmissão internacional

- Parar de usar a palavra garantia (turfista não é bobo)

- PROIBIR que "comentaristas" falem dos próprios jogos que vão fazer Isso não tem interesse algum

- Fazer com que os páreos corram na hora exata, mesmo quando não haja transmissão para a França.

- Retirar a "garantia" da quadrifeta do último páreo para que o mesmo não leve décadas para o alinhamento

- Retornar com a bonificação original da supertri (100%)

- Parar com as frases feitas, tipo esse treinador precisa de mais chances, esses joqueis precisam de mais chances, pois são trabalhadores e caprichosos, isso sempre é dito quando algum treinador ou joquei já não vencem 1 páreo a séculos.

- Colocar na cabeça desses que tem o poder de segurar um microfone, que quem mantém isso tudo e paga o salário de toda essa gente, não são os comentaristas, narradores, comissionários de corridas, treinadores e muito menos os joqueis que são bajulados, somos nós os turfistas (jogadores)

abs a todos

João Fernandes (18/02/2020) - Rio de Janeiro/RJ

Boa noite, eu nunca vi um narrador torcer tanto como esse rapaz faz, parcial em suas transmissões, coisa horrorosa, infelizmente , e os seus colegas vibram com isso, triste.5 páreo. DEUS TE ABENÇOE.

Ivor Lancellotti (18/02/2020) - Rio de Janeiro/RJ

Alguém pode me explicar o porque de não ter QUADRIFETA com 7 animais?

Nos hipódromos que que eles imitam com 5 animais tem!

Alguém precisa avisar ao A.MOTA que ele está exagerando em correr de fundo, está nítido que perdeu a noção de alcance! O que está acontecendo com ele? Corre sempre no fundo do pelotão em qualquer distância, isso não é de hoje e sim já tem muito tempo! Quatrocentos metros de reta na variante não pode correr último!

Boa noite

Carlos Eduardo de Santana Teixeira (17/02/2020) - Rio de Janeiro/RJ

No ultimo páreo de domingo, resolvi marcar no relógio, depois que o cronometro ZEROU, o alinhamento começou 11 minutos depois, ou seja, estavam esperando atingir aquela tal GARANTIA, que sempre me refiro, aqui eu só posto fatos, e mais uma vez eles confirmaram que não garantem é nada.

abs a todos

Renato Leite (17/02/2020) - Rio de Janeiro/RJ

Horroroso!!!!

Sr Thiago Guedes faça o favor de narrar os páreos sem essa gritaria.

Narrar e transmitir emoção é uma coisa ,gritar é outra totalmente diferente.

Antonio José Moura (16/02/2020) - Niterói/RJ

COMO PILATOS NO CREDO

Sr. Celso Nogueira Paranhos,

Embora pertinente em relação ao fato em si, seu texto de hoje dirigido à douta Comissão de Corridas da Gávea, não me pareceu nem justa e muito menos adequada a citação do profissional treinador Luiz Esteves - que nada tem a ver com este mal cheiroso peixe.

O texto deveria tão somente fazer referência "a um outro treinador"!

O que sei de Luiz Esteves é que é pessoa de poucas palavras e que faz da competência, da lisura e da ética os pilares da sua atividade profissional. Não tenho o prazer de conhecê-lo pessoalmente, mas os profissionais do Turfe com quem me entendo são unânimes com relação ao seu perfil.

No mais, não posso deixar de concordar com o objetivo precípuo de sua entrada, dirigida objetiva e especificamente ao jóquei M. Gonçalves.

Saudações Vascaínas!

Antonio Pais de Moura

Carlos Eduardo de Santana Teixeira (16/02/2020) - Rio de Janeiro/RJ

Prezado Celso Nogueira Paranhos, respondendo a seu questionamento, em se tratando da Comissão de Corridas da Gávea: "O Critério é não ter Critério"

abs

Ivor Lancellotti (16/02/2020) - Rio de Janeiro/RJ

Bom dia turfistas

Vocês entram quando eles,os ancoras leiloeiros, dizem: Vocês não podem ficar de fora!

Isso já está me cheirando a RETARDAMENTO! Eles, por falta de assunto e vendo a vaca ir para o brejo, continuam com essas frases retardadas.

Eu acredito que eles tem uma porcentagem de culpa nessa queda do movimento brutal das apostas!

é de enjoar vidro de bicarbonato! Nenhum responsável com um pouquinho mais de INTELIGÊNCIA pede para que eles parem com esses poemas? Ou todos são retardados?

Nas agências, é bom que se diga, só aumentam o som quando é dada a partida! Ninguém escuta nada do que eles estão falando,mas em casa se não tirar o som somos bombardeados com esse tiroteio de bala perdida.

Longe está o tempo que tínhamos que entrar numa fila imensa para comprar uma aposta, e naquele tempo ninguém entupia os nossos ouvidos. O movimento de aposta batia recorde todos os dias e apenas um verdadeiro comentarista tentava analisar os páreos, mas bem antes do primeiro páreo.

Hoje temos um verdadeiro show de derrubadores e estamos afundando.

Alguém tem que intervir e vendar bocas

Ninguém aguenta mais tantas palavras jogadas fora

Bom Domingo

Celso Nogueira Paranhos (16/02/2020) - Rio de Janeiro/RJ

COMISSAO DE CORRIDAS; GAVEA

Gostaria de saber qual criterio vcs vao julgar o joquei M. Gonçalves, por omissao , motivo foi prejudicado e nao reclamou, 3 HISTORY BUFF no segundo pareo de sabado, 5 VERY QUICK se chocou 2 vezes em sua montada e o mesmo nao reclamou, a comissao de corridas esta de parabens pela desclassificaçao que foi muito justa com os apostadores, mais porque motivos o joquei nao reclamou, sera porque ele tambem monta os cavalos do treinador L.esteves, no meu entender ele deveria ficar proibido de montar todos os cavalos de treinador L.esteves

João Fernandes (15/02/2020) - Rio de Janeiro/RJ

Sr. Carlos Eduardo Teixeira, parabéns pelas suas postagens, corretíssimas, wlwwww. Boa noite a todos.

Carlos Eduardo de Santana Teixeira (15/02/2020) - Rio de Janeiro/RJ

Prezado Leandro Mancuso, não vi o seu comentário sobre o estreante REGAL HESPERUS .

Carlos Alberto Behar (14/02/2020) - Porto Alegre/RS

Alguem sabe quais reuniões serão formadas antes do carnaval?

Carlos Eduardo de Santana Teixeira (14/02/2020) - Rio de Janeiro/RJ

Prezado JCB, vcs criaram um jogo que já nasceu morto chamado Seguidinha, oferecendo uma bonificação de 50%, por isso retiraram 20% da bonificação do Pick3 passando de 100% para 80%, mas essa seguidinha já nasceu com os dias contados e foi encerrada, mas o Sr. JCB fez cara de paisagem e "esqueceu" de retornar a bonificação do Pick3 para os 100%, ou seja o que é bom para o turfista não é bom para o JCB, o motivo para o encerramento da seguidinha foi que a mesma não teve o apelo do turfista bem ao contrário do extinto VINTÃO que sempre vendia muito bem, mas era ruim para o Sr. JCB, porque os turfistas jogavam e torciam durante 4 reuniões e faziam que o movimento de apostas de outras modalidades caíssem muito, então mais uma vez o que é bom para os turfistas é péssimo para o Sr. JCB, mas parece que para o JCB todo apostador é trouxa, e acham que colocando duas pessoas chamadas de comentaristas buzinando durante toda reunião que o apostador tem que jogar isso e aquilo vai fazer o movimento subir, estão enganados, movimentos que as segundas feiras passavam até de 900 mil, hoje em dia está na faixa dos 500/600, isso só prova que esse marketing de 5ª leva o nada a lugar nenhum, e ia me esquecendo a tal "GARANTIA" que o Sr.JCB diz que dá pra mim tem outro nome, chama-se, atrasar o páreo até vender o valor da mesma, ou seja garantia assim eu tbm dou. Sr. JCB, o senhor tem que me ajudar para que eu possa te ajudar, quem quer rir, tem que fazer rir (crédito do filme Tropa de Elite)

abs a todos

Carlos Eduardo de Santana Teixeira (12/02/2020) - Rio de Janeiro/RJ

Caros amigos, resolvi hoje prestar muita atenção nos comentários dos treinadores antes do páreo, ficou bem claro que não existe nenhuma ajuda ao apostador, essas entrevistas servem somente para confundir, senão vejamos, no 4º páreo ficou bem claro que o treinador do animal Condessa D’ita disse, que como a égua reaparecia de ausencia, correria quieta no meio do pelotão, o que se viu foi, a tal Condessa D’ita tomando a ponta e entrando na reta com 3 e 4 corpos de vantagem, depois disso se alguem ainda acredita que essas entrevistas ajudam em alguma coisa, boa sorte então.

ps: Citei essa égua, não pq ela era favorita, pelo contrário era o maior azar do páreo, eu citei para que os turfistas vejam que escutar esses comentários ou ser surdo da no mesmo.

abs a todos

Orlando Motta Filho (10/02/2020) - São Paulo/SP

De ontem pra hoje caiu um mundo de agua na grande São Paulo.Verdadeiro dilúvio que parou a cidade até esta hora que escrevo,20 hrs e não sei quanto tempo mais.

Acompanhando a situação pela GloboNews,às 14,15 hrs a apresentadora mostrou uma reportagem feita durante ’a madrugada’,quando as torneiras mais estavam abertas,em que um idoso foi resgatado por motoqueiros:O reporter gravando na marginal do rio Pinheiros na altura do Itaim-Bibi(onde moro),do outro lado fica o Hipódromo,mostrava o alagamento das pistas quando então percebe,vindo das aguas um senhor bem idoso com duas bengalas que se aproximava amparado por um motoqueiro e resolve ajuda-lo com o guarda-chuva.Eu conheço esse senhor,pensei comigo mesmo.

Lógico que o reporter o entrevistou.Seu nome?Altair de Oliveira que vinha do Campo Belo,dirigindo sózinho e entrou no alagamento que apagou seu carro.Ficou la dentro até dois motoqueiros o retirarem dali.

Era o famoso e respeitado "Peixe"(seu apelido),treinador talvez mais velho em atuação no turfe brasileiro que com certeza ia de sua casa para Cidade Jardim,pras cocheiras.

O grande Altair de Oliveira,o Peixe,deve ter uns 90 anos.

No meio de tanta tristeza fiquei feliz por este grande senhor.

Carlos Eduardo de Santana Teixeira (10/02/2020) - Rio de Janeiro/RJ

Estou começando a gostar dos comentaristas e das grandes ajudas..rsrsr, falaram sem parar sobre o animal Guarumam, que iria vencer, pq o treinador disse vai vencer, antes do páreo soh existia esse assunto, mas depois do páreo deu até pena dos comentaristas que ficaram disfarçando pra não comentar a GRANDE AJUDA que deram aos turfistas. Ainda bem que abri meu pic7 no A.Queiroz cravado, e quem me deu essa grande ajuda fui eu mesmo.

abs a todos

Renato Leite (10/02/2020) - Rio de Janeiro/RJ

Horrível!!!!!

Esse locutor, Thiago Guedes,ele não narra o páreo,ele grita.

Carlos Eduardo de Santana Teixeira (10/02/2020) - Rio de Janeiro/RJ

Uma ótima solução para a melhoria do turfe no JCB seria, que todas as reuniões fossem transmitidas para a França ou Estados Unidos, dessa maneira os páreos correriam no horário e a CC passaria a julgar corretamente (NO MUNDO TODO É ASSIM) OS PREJUIZOS. É lamentável escutar do comentarista a frase que o apostador tem que ficar atento na hora de jogar pois como existe transmissão internacional, os páreos correrão no horário, isso significa que turfistas brasileiros não merecem respeito quando se trata das corridas transmitidas apenas para o Brasil.

abs a todos

Antonio Carlos Barbosa da Silva (08/02/2020) - Rio de Janeiro/RJ

Obrigado pela explicação a respeito dos joqueis .Realmente,as oportunidades de montarias poderiam e deveriam ser mais bem distribuidas.Tenho como amigo um joquei que não deve nada tecnicamente falando aos melhores em atividade na Gavea.Refiro-me ao E.Ferreira Filho.O treinador excelente L.Esteves tem dado algumas oportunidades a ele e o mesmo conquistou dois GPs em menos de um mes.Merece ou não outras oportunidades?Um abraço.

Luiz Sergio Sposito (08/02/2020) - Rio de Janeiro/RJ

Todas as informações pessoais relativas a clientes ou visitantes que usem o site APOSTAS.JCB.COM.BR serão tratadas em concordância com Constituição Federal Brasileira, a Lei nº 13.708/2018 (?Lei da Proteção de Dados Pessoais?) e demais legislações aplicáveis.

Para garantir a segurança e a integridade nas transações ligadas às apostas online, todas as informações que transitarão no site serão CRIPTOGRAFADAS.

Será que isso serve para as apostas feitas pela internet ?

Ou tem comentaristas da TV Turfe junto com funcionários do Teleturfe bisbilhotando, monitorando e até copiando jogos dos apostadores ?

Aguardamos resposta dos responsáveis, obg.

Carlos Eduardo de Santana Teixeira (07/02/2020) - Rio de Janeiro/RJ

É facil entender prezado Antonio José Moura, a começar pela falta de profissionalismo da CC, eu lhe pergunto qual o critério para a desclassificação de um animal? Pois bem certos ou errados, cada hipódromo parece ter o seu, o problema existe quando são aplicados diferentes métodos, na gávea fica bem claro quando as corridas são transmitidas para a França, onde o critério muda completamente, e a CC daqui utiliza o método que é aplicado no mundo inteiro, ou seja prejudicou = dançou. Outra causa é a total falta de profissionalismo e competencia para comentar páreos com seriedade e sem brincadeiras daqueles pseudos comentaristas, que na v erdade não passam de bajuladores do JCB além de vendedores de jogo, usando um metodo arcaico e um marqueting de 5º categoria. Com certeza no dia que houverem pessoas sérias e sem rabo preso comentando profissionalmente, as coisas vão começar a melhorar.

Ivor Lancellotti (07/02/2020) - Rio de Janeiro/RJ

Bom dia para todos, em especial para o Sr Antonio Escobar Da Silva

O meu comentário sobre os jóqueis que passeiam e assistem os páreos num lugar privilegiado só tem um explicação na minha cabeça do bem!

Todos que eu citei estão sendo sacrificados por falta de boas montarias.

A coisa fica resumida nos apadrinhados e nos aprendizes que se aproveitam das descargas.

Não escrevi que eles são ruins! Na minha cabeça eles são bons até demais para sobreviverem com tão poucas montarias que sobram.

Foi só o que eu quis dizer. Nunca acreditei em desonestidade no turfe! Principalmente em jóqueis

Abraços em todos os turfistas.

Marcos R. Colares (07/02/2020) - Jacinto Machado/SC

Estamos na torcida pelo fenomeno das redeas Jorge Ricardo. Apos, seus compromissos de montarias, estaremos aguardando sua importante visita em nosso municipio, para lhe render homenagem pelo feito, e tambem ao seu Pai, Antonio Ricardo, aqui sepultado. Jacinto Machado, terra natal de sua mae Maria Possamai. Portanto na ocasiao espero o comparecimento da imprensa nacional para o registro oficial para todos os turfistas e simpatizantes do esporte dos reis.

Ivor Lancellotti (07/02/2020) - Rio de Janeiro/RJ

Boa Noite

Parei com o TARUMÃ!

Só volto quando algum animal vencer na cerca interna e na areia pesada ou encharcada!

O que é isso? Via expressa?

Estão fazendo lá uma pista de grama, mas não reformam a de areia. O páreo termina na curva!

Boa noite

Antonio José Moura (07/02/2020) - Niterói/RJ

UM PASSARINHO ME CONTOU

Não é segredo pra ninguém que frequente o Hipódromo do Rio de Janeiro, que a ausência de público, a cada dia maior e a flagrante queda no movimento de apostas, são temas da compreensível preocupação do corpo Diretor da Entidade. Como não poderia deixar de ser!

O que posso adiantar neste momento é que, o parco contingente de animais sediado nas Vilas Hípicas e a consequente enxurrada de páreos vazios, minam o interesse e limitam o Movimento de Apostas a níveis preocupantes.

É consenso da Diretoria que tudo passa, em primeiríssima instância, pela imperiosa necessidade de trazer o apostador para dentro do Hipódromo, a partir de medidas objetivando o encerramento das atividades dos Centros de Treinamento periféricos (a maioria deles, pelo menos).

Encher as cocheiras de novo, valorizar os profissionais que se mantêm fiéis às origens,

trazer o público de volta para as tardes e noites de entusiasmo e glória, talvez seja mesmo a única solução a curto e a médio prazo. Os grandes proprietários, evidentemente, se mantêm por si só e teriam a opção de utilizar os poucos grandes Centros remanescentes.

O tempo urge! Ou isso ou nada...

Antônio Moura

Celso Nogueira Paranhos (07/02/2020) - Rio de Janeiro/RJ

COMISSAO DE CORRIDAS; GAVEA

Gostaria de saber qual criterio vcs vao falar sobre a ultima corrida da egua PTQUEPRESTA montada pelo A.MOTA, quando umas das favoritas parou pelo meio do caminho chegando em ultimo lugar apagada, ontem ela deu um show largando em quarto e ganhando o pareo , ou vcs estao por traz dessas roubadas ou intao estao cegos, se estao cegos vcs nao tem condicoes de julgar mais pareos nenhum

Otavio Escobar Diehl (06/02/2020) - Pelotas/RS

Gostaria de saber a datas das corridas do premio brasil em junho.

Antonio Carlos Barbosa da Silva (06/02/2020) - Rio de Janeiro/RJ

Gostaria que o Sr,Ivor Lancellotti explicasse com clareza o significado de joqueis passeando na raia,assistindo as corridas,etc. Obrigado. 

Milton da Silva Nunes Filho (05/02/2020) - Camaquã/RS

Descendo o Morro.

Sábado o JCB, teve o.seu pior movimento de apostas faturado pelo Jockey Club Brasileiro foi de R$ 463.401,19, numa corrida , com amadores na gerência de apostas, e um Instituto de cegos, ou fingem em não verem cada absurdo nas corridas essa Comissão de Corridas, assim no final do ano estarão apostando 300 mil por reunião, ou seja, só os bens informados saberá o que irá acontecer irão apostar, pra mim não diz nada, sou apenas um proprietário de cavalos, apostar nessa gestão é jogar o dinheiro na janela ou pôr na lareira para fazer fogo. Mudanças para ontem, o tempo é a verdade de Deus. Assim o turfe vai acabar mesmo, no Brasil.

João Ciro Oliveira (05/02/2020) - Curitiba/PR

Estranho os favoritos nas quadrifetas de segunda e terça feira entraram quarto e quinto.Muito estranho?

Carlos Eduardo de Santana Teixeira (05/02/2020) - Rio de Janeiro/RJ

A propaganda aparece várias vezes na tela, dizendo que a seguidinha não teve apelo do apostador, e que volta a acumulada de vencedor RESPEITANDO AS BONIFICAÇÕES QUE ESSA ACUMULADA TINHA ANTES.

Porque então que não respeitaram os 100% das supertri??? A decadencia é total supertri de 100% para 80%, quadrifeta do ultimo páreo de 20 mil para 15 mil, o mais engraçado é que diziam que tinha garantia de 20 mil mas como estavam tomando prejuizo e atrasando muito o ultimo páreo resolveram não garantir mais, ou seja essas garantias anunciadas são pra ingles ver e conversa pra boi dormi, bastou o cinto apertar que o JCB correu.

Sergio José Lessa (04/02/2020) - São Gonçalo/RJ

Parabéns a joqueta Camila Reis que um dia desses postei uma pergunta se alguém teria como saber se ela teria alguma colocação ou vitória de onde ela veio para atuar na Gávea,e citei que seria interessante o JCB colocar em seu site um retrospecto ref. a todos jóqueis e aprendizes oriundos de outros Hipódromos vir atuar na Gávea para que o apostador tivesse a opção de avaliar ,no entanto pessoas acharam a minha postagem a respeito com intuito depreciativo o que contestei pois o meu intuito foi meramente curiosidade visto que atualmente na Gávea a safra de jóqueis e aprendizes não deixa a desejar a nenhum Hipódromo do mundo. Observei a estreia da Camila Reis e reparei que ela mo nta bem tanto que chegou colocada,agora ontem segunda feira foi magnifica não ficou impressionada com o favoritismo do animal montado pelo A.Mota e calma no partidor de largada mantinha sua montada alerta todo o tempo em movimento,dado a largada resolutamente ela buscou a primeira colocação e numa bonita posição só fez a sua montada tirar mais e mais na ponta vencendo uma linda carreira como os turfistas gostam,agora já me convenceu e virei seu fã parabéns e que venham muito mais montarias.

Flavio Rodrigues (03/02/2020) - Niterói/RJ

Sr Ivor Lancellotti:

Concordo com sua última postagem em gênero, número e grau. Depois não sabem porque o movimento de apostas está em queda livre. Nunca ouviram falar em falta de credibilidade...

Sergio José Lessa (03/02/2020) - São Gonçalo/RJ

De pleno acordo com o sr. Ivor ,acrescentando na lista publicada um detalhe sempre que num páreo onde montam L.Henrique, V.Mota,e B.Queiros ,parece-me em várias corridas que a joqueta montando um animal sem chances faz de tudo para encaixotar o B.Queiros e outros tantos parecendo beneficiar o seu namorado. A C C tem de ficar atenta a isso ou então é compartilhado pela mesma.

Ivor Lancellotti (02/02/2020) - Rio de Janeiro/RJ

Boa tarde de Domingo

Fiz uma lista de jóqueis que estão passeando na Gávea e assistindo as corridas num lugar privilegiado, que é a raia!

Por Ex: A família Mota, vem no topo da lista, seguidos por A Mendes, A. Queiroz, A.M.Sousa, C,G.Netto, E.Ferreira Filho,F.Chaves e um que vem se chegando aos ponteiros, A. Correia!

Ivor Lancellotti (02/02/2020) - Rio de Janeiro/RJ

Para desclassificar o queridinho é muito difícil! Inquérito? Conta outra que essa está manjada.Brincadeira essa comissão!

Hoje ele quase jogou o M.Gonçalves lá na quadra de tênis! O resultado do páreo seria outro sem a menos dúvida!

Abraços

Ivor Lancellotti (02/02/2020) - Rio de Janeiro/RJ

Boa tarde de Domingo

Fiz uma lista de jóqueis que estão passeando na Gávea e assistindo as corridas num lugar privilegiado, que é a raia!

Por Ex: A família Mota, vem no topo da lista, seguidos por A Mendes, A. Queiroz, A.M.Sousa, C,G.Netto, E.Ferreira Filho,F.Chaves e um que vem se chegando aos ponteiros, A. Correia!

Está ficando difícil eles aparecerem nas fotos!

Tá muito difícil

Arnaldo F. Pereira (02/02/2020) - Taubaté/SP

Cadê o Leandro Gonçalves. Pq desapareceu dos programas?

José Francisco Pereira Sousa (02/02/2020) - Porto Alegre/RS

Bom dia. Que bom São Paulo realizar duas reuniões neste final de semana. É dose ter que aturar essas corridas do JCB em tiros curtos, onde os animais saem num UPA-UPA frenético( aí temos os maus treinadores que só sabem treinar os cavalos para distâncias curtas). Estes deveriam fazer um curso com o grande V.NAHID para aprenderem como preparar um cavalo para distancias maiores e os jóqueis do JCB fazerem um maior intercambio com SP para aprendeeam a pilotar os cavalos com maior eficiência e inteligência.

Fabio Amorim (02/02/2020) - Pelotas/RS

Que absurdo essa comissão de corridas do rio no 2 pareo, sem comentarios.

Carlos Eduardo de Santana Teixeira (02/02/2020) - Rio de Janeiro/RJ

JCB não adianta acabar com a seguidinha e não retornar a bonificação de 100% para a super tri. Engraçado, quando lançaram a seguidinha o argumento foi o seguinte:

"VAMOS DIMINUIR A BONIFICAÇÃO DA SUPER TRI DE 100% PARA 80%, PORQUE VAMOS DAR 50% DE BONIFICAÇÃO NA SEGUIDINHA."

Agora que acabou a seguidinha(que já nasceu morta) o JCB está fazendo cara de paisagem e nem comenta o retorno dos 100% nas super tri, talvez tenham inventado essa seguidinha apenas pra diminuir a bonificação da super tri e achar assim que turfistas são cegos e burros e nem iriam perceber.

abs a todos

José Francisco Pereira Sousa (02/02/2020) - Porto Alegre/RS

Bom dia. Que bom São Paulo realizar duas reuniões neste final de semana. É dose ter que aturar essas corridas do JCB em tiros curtos, onde os animais saem num UPA-UPA frenético( aí temos os maus treinadores que só sabem treinar os cavalos para distâncias curtas). Estes deveriam fazer um curso com o grande V.NAHID para aprenderem como preparar um cavalo para distancias maiores e os jóqueis do JCB fazerem um maior intercambio com SP para aprendeeam a pilotar os cavalos com maior eficiência e inteligência.

Luiz Antonio Frank e Silva (02/02/2020) - Rio de Janeiro/RJ

Parabéns Cristiano

Ganhou o páreo do PROFESSOR ( D. GUIGNONI )

Um abraço

OBS : Bom aluno

Luiz Antonio Frank e Silva

STUD ACQUA AZUL

Ivor Lancellotti (01/02/2020) - Rio de Janeiro/RJ

Não sei se estou enganado, mas tiraram as acumuladas de duplas do primeiro páreo de hoje sábado com 5 animais?

Se tiraram tem mais é que falir mesmo com essa diretoria e com esses responsáveis pelas apostas!

A única coisa que essa turma tem é tirar todas as chances dos apostadores!

é inacreditável o tamanho da incompetência! e da covardia

Não sabem nada de apostas e estão enterrando o J.C.B

Inacreditável

Claudio Afonso Baron Tiellet (01/02/2020) - Itaara/RS

Bom dia!
Permitam que publique aqui, o meu protesto, o qual registrei em grupo de apostas.

"Já que por aqui, um ambiente reservado para apostas, foi aceita a propaganda da PENCA DE CARAZINHO, dias 4, 5 e 6/04, solicito que meu protesto, que aqui registro, também o seja.

1) Amo o cavalo;
2) Sou Médico Veterinário, aposentado, ex-professor de EQUIDEOCULTURA, INICIAÇÃO À VETERINÁRIA, onde se aprende o CÓDIGO DE DEONTOLOGIA, NOÇÕES DE ANATOMIA VETERINÁRIA, na Brigada Militar e DIDÁTICA ESPECIAL EM CIRURGIA nos cursos de Mestrado e Doutorado. Sou CRIADOR e PROPRIETÁRIO do Cavalo de Corridas. Fui presidente do Joquei Clube Santamariense, daquela comissão de corridas, veterinário da entidade durante anos, comissário, starter e no início da vida turfística, até vareador e cavalariço;
3) O convite para a citada disputa exibe, abertamente, "CARREIRA SEM ANTIDOPING, 20 MINUTOS DE PADDOCK (isso mesmo, em inglês, e não Padoque, que é o português correto)...".
4) Isso é uma afronta aos princípios éticos e morais à sociedade. É um convite puro e simples ao: "podem dopar", "podem dar El Maicito a vontade", e assim por diante!
5) Infelizmente ainda vivemos um turfe maldoso, onde, principalmente alguns treinadores (???), e alguns antiprofissionais que se dizem "médicos veterinários", estão usando essa droga contrabandeada chamada El Maicito, um composto de Estriquinina, Cafeína, Menfetermína, Clembuterol, Solubuterol e outras Metanfetaminas... ;
6) O ano passado, infelizmente morreram inúmeros animais, inclusive, mesmo antes de pencas, na própria apresentação. Também durante e depois. Durante transporte, inclusive. Infelizmente não foram feitas necropsias, o que seria correto por parte do MAPA;
7) Não há fiscalização nenhuma pelos órgãos responsáveis, neste sentido;
8) Onde está a ABCPCC? Será que não enxerga o sentido e a mensagem subliminar embutida na propaganda? Até quando, nós, criadores vamos ficar de braços cruzados olhando nossas crias morrerem nas pistas?
9) Não adianta ficarmos chorando que o nosso turfe está quebrado, está morrendo, se o básico não é feito.
10) Já se deram conta de quantos cavalos criados com todo zelo, capricho e carinho não chegam mais as pistas, consequência destas malditas drogas, El Maicito, El Sojita, El Chocolate... ?y otras cositas más??
11) Deixo aqui registrada minha indignação e repulsa quanto a este tipo de iniciativa.

CLAUDIO AFONSO BARON TIELLET
Médico Veterinário, pHD, CRMV 1-1341

 

Luiz Sergio Sposito (01/02/2020) - Rio de Janeiro/RJ

Grande evento neste sábado no JCB a morte da seguidinha com cerveja artesanal, food trucks indicações de pule pisca pisca pelos comentaristas e muito mais. Só não vale olhar o jogo dos apostadores que fazem seus jogos pela internet.








12.984

12.844



















Coudelaria Atafona

Coudelaria FBL

Coudelaria Intimate Friends

Coudelaria Jessica

Coudelaria Pelotense

Haras Clark Leite

Haras Iposeiras

Haras Depigua

Haras Figueira do Lago

Haras do Morro

Haras Old Friends

Haras Planície

Haras Vale do Stucky

Jorge Olympio
Teixeira dos Santos

Ronaldo Cramer
Moraes Veiga

Stud Brocoió

Stud Cajuli

Stud Capitão

Stud Cariri do Recife

Stud Cezzane

Stud Embalagem

Stud Everest

Stud Gold Black

Stud H & R

Stud Hulk

Stud Ilse

Stud La Nave Va

Stud Palura

Stud Quando Será?

Stud Recanto do Derby

Stud Rotterdam

Stud Spumao

Stud Terceira Margem

Stud Turfe

Stud Verde

Stud Wall Street
  Associação Carioca dos Proprietários do Cavalo Puro-Sangue Inglês