Cadastre-se e receba novidades:

Nome


E-mail

Faraoh Nilo – Stud Capitão

Questor Maximus – Stud Nunes de Miranda

Casual Elegance – Ronaldo Cramer Moraes Veiga

Luigi Bros – Haras Do Morro

Elemento Fatal – Ronaldo Cramer Moraes Veiga

Baccos – Stud Cajuli

Questor Maximus – Stud Nunes de Miranda

Rufus Gê – Stud Nunes de Miranda

Faraoh Nilo – Stud Capitão

Selo Negro – Stud Cajuli

Podolski – Sinval Domingues de Araujo

Energia Important – Stud Gold Black

Kurdish – Stud Capitão

Final Road – Haras do Morro

Acteon Gaúcho – Stud Hulk

Quarteto de Cordas – Haras do Morro

Ombak Bagusse – Haras Clark Leite

Escasa – Haras do Morro

Roi Plantegenêt – Stud Nunes de Miranda

Isola Di Fiori – Haras do Morro

Dracarys – Ronaldo Cramer Moraes Veiga

Lookforthestars – Haras do Morro

Agassi – Stud Verde

Verso e Prosa – Stud Ilse

Last Hope – Coudelaria Jessica

Ghoul – Stud Verde

Famous Italian – Stud Palura

Risada Gaucha – Coudelaria Pelotense

Violino Solo – Haras do Morro

Gone Hollywood – Stud Verde








Junho | 2018

Reaparecendo no último furo, Desejada Poty vence a Prova Especial Mensageiro Alado ? Versão Fêmeas
09/06/2018 - 15h23min

Gerson Martins

Em um reaparecimento de muita categoria, Desejada Poty acaba de vencer a Prova Especial Mensageiro Alado - versão fêmeas. A segunda prova especial da reunião deste sábado, 09 de junho, véspera do 86º GP Brasil (G1), foi disputada em 1.000 metros na pista de grama pesada.

Após uma excelente largada, a ligeira Feliz Rainha ditou o ritmo veloz do páreo, com a favorita Luna Baluna em segundo, Java’s Song em terceiro e a mais leve do páreo, Artilharia Pesada em quarto. A seguir corriam todas muito próximas com Cau, Kremlin, Tanoney, Madame Renata, Isola Di Fiori, Redenção, Jenny Holzer, India do Iguassu e Victory Hot fechando as 13 primeiras. Desejada Poty, Sunset Shimmer, Ishvara e Middle Fast corriam um pouco mais afastadas nas últimas posições e assim elas entraram na reta final.

Luna Baluna e Java’s Song foram as primeiras a partir pra cima da pensionista de C.Oliveira, mas quem dominou o páreo na altura dos 300 metros finais foi Isola Di Fiori, que pilotada por A.L.Silva, deu fila de ganhadora. Atropelando bem aberto, vinham as que corriam de trás. Desejada Poty e Middle Fast voaram e foram dar caça a defensora do Haras do Morro.

Sob a tocada enérgica de Marcelo Gonçalves, a castanha Desejada Poty, que reaparecia após seis meses, dominou o páreo faltando 100m para o espelho e venceu uma linda carreira. Middle Fast atropelou forte mas não conseguiu passar por Isola de Fiori, que ficou com a dupla, ficando com o terceiro posto. Sunset Shimmer e Jenny Holzer completaram o placar. A seguir chegaram Ishvara, Feliz Rainha, Luna Baluna, Java’s Song, India do Iguassu, Tanoney, Victory Hot, Redenção, Kremlin, Madame Renata, Cau e Artilharia Pesada fechando o numeroso lote de 17 competidoras.

Pilotada com tranquilidade por Marcelo Gonçalves e trazida do CT Vale do Marmelo em forma esplendorosa por Luis Esteves, Desejada Poty é uma 4 anos, castanha, filha de Desejado Thunder e Poty Indy, por P.T.Indy, criada pelo Stud Alvarenga e de propriedade do Stud Escorial. Na sua quinta vitória, a primeira graduada, em 17 saídas, Desejada Poty assinalou a marca de 57s70c.

Clique aqui e assista o replay do páreo.

Por Maria Teresa Morgado

 



<< Anterior Próxima >>










12.902

12.844















Coudelaria Atafona

Coudelaria FBL

Coudelaria Intimate Friends

Coudelaria Jessica

Coudelaria Pelotense

Haras Clark Leite

Haras Iposeiras

Haras Depigua

Haras do Morro

Haras Old Friends

Haras Planície

Haras Vale do Stucky

Jorge Olympio
Teixeira dos Santos

Ronaldo Cramer
Moraes Veiga

Stud 13 de Recife

Stud Brocoió

Stud Cajuli

Stud Capitão

Stud Cariri do Recife

Stud Elle Et Moi

Stud Everest

Stud Gold Black

Stud H & R

Stud Hulk

Stud Ilse

Stud La Nave Va

Stud Palura

Stud Quando Será?

Stud Recanto do Derby

Stud Rotterdam

Stud Spumao

Stud Terceira Margem

Stud Turfe

Stud Verde

Stud Wall Street

  Associação Carioca dos Proprietários do Cavalo Puro-Sangue Inglês