Cadastre-se e receba novidades:

Nome


E-mail

Faraoh Nilo – Stud Capitão

Questor Maximus – Stud Nunes de Miranda

Casual Elegance – Ronaldo Cramer Moraes Veiga

Luigi Bros – Haras Do Morro

Elemento Fatal – Ronaldo Cramer Moraes Veiga

Baccos – Stud Cajuli

Questor Maximus – Stud Nunes de Miranda

Rufus Gê – Stud Nunes de Miranda

Faraoh Nilo – Stud Capitão

Selo Negro – Stud Cajuli

Podolski – Sinval Domingues de Araujo

Energia Important – Stud Gold Black

Kurdish – Stud Capitão

Final Road – Haras do Morro

Acteon Gaúcho – Stud Hulk

Quarteto de Cordas – Haras do Morro

Ombak Bagusse – Haras Clark Leite

Escasa – Haras do Morro

Roi Plantegenêt – Stud Nunes de Miranda

Isola Di Fiori – Haras do Morro

Dracarys – Ronaldo Cramer Moraes Veiga

Lookforthestars – Haras do Morro

Agassi – Stud Verde

Verso e Prosa – Stud Ilse

Last Hope – Coudelaria Jessica

Ghoul – Stud Verde

Famous Italian – Stud Palura

Risada Gaucha – Coudelaria Pelotense

Violino Solo – Haras do Morro

Gone Hollywood – Stud Verde








Junho | 2018

Gogo Boy, o mais novo do lote, é o melhor no Clássico Luiz Gurgel do Amaral Valente
08/06/2018 - 20h19min

Gerson Martins

O Clássico Luiz Gurgel do Amaral Valente - Taça Criação e Turfe Paranaenses (L.) teve o potro Gogo Boy como vencedor, premiando a ousadia do seu excelente treinador Ronaldo M.Lima. A carreira, disputada em 1.200 metros na pista de areia pesada, foi a segunda prova nobre do Festival do GP Brasil 2018 e uma das atrações da jornada desta sexta-feira, 08 de junho, no Hipódromo da Gávea.

Disputado por 10 competidores (já que houve o forfait de Explosive Street) de 2 anos e mais idade, o páreo foi marcado pelo grande equilíbrio técnico dos animais. Homenageando o saudoso criador do Haras Valente, o 6º páreo da programação carioca e início da quinexata, teve uma excelente largada, onde Gogo Boy, em direção brilhante de Waldomiro Blandi, fez questão da ponta; logo atacado por Espiritus, que tentou brigar sem obter sucesso. Na entrada da reta, Gogo Boy passou a ser seguido por Kid Carson e nos metros finais recebeu a carga de El Bacan, que ficou com a segunda colocação. Porém, demonstrando categoria e fôlego, Gogo Boy conseguiu resistir e, aproveitando o peso pluma de 51kg, venceu com autoridade. Set Ly, Coração de Ouro e Facon chegaram na terceira, quarta e quinta colocação, respectivamente.

Oriundo do Centro de Treinamento Vale da Boa Esperança em Petrópolis, Gogo Boy é um 2 anos, filho de Kodiak Kowboy e Opera Pop, por Midnight Tiger, de criação do Haras Anderson e defensor das sedas do Stud Pedudu. O castanho alcançou a sua primeira vitória, já na esfera clássica, em apenas quatro atuações e marcou o tempo de 1m13s12c para a distância.

Clique aqui e assista o replay do páreo.

Por Maria Teresa Morgado

 



<< Anterior Próxima >>










12.902

12.844















Coudelaria Atafona

Coudelaria FBL

Coudelaria Intimate Friends

Coudelaria Jessica

Coudelaria Pelotense

Haras Clark Leite

Haras Iposeiras

Haras Depigua

Haras do Morro

Haras Old Friends

Haras Planície

Haras Vale do Stucky

Jorge Olympio
Teixeira dos Santos

Ronaldo Cramer
Moraes Veiga

Stud 13 de Recife

Stud Brocoió

Stud Cajuli

Stud Capitão

Stud Cariri do Recife

Stud Elle Et Moi

Stud Everest

Stud Gold Black

Stud H & R

Stud Hulk

Stud Ilse

Stud La Nave Va

Stud Palura

Stud Quando Será?

Stud Recanto do Derby

Stud Rotterdam

Stud Spumao

Stud Terceira Margem

Stud Turfe

Stud Verde

Stud Wall Street

  Associação Carioca dos Proprietários do Cavalo Puro-Sangue Inglês