Cadastre-se e receba novidades:

Nome


E-mail

Faraoh Nilo – Stud Capitão

Questor Maximus – Stud Nunes de Miranda

Casual Elegance – Ronaldo Cramer Moraes Veiga

Luigi Bros – Haras Do Morro

Elemento Fatal – Ronaldo Cramer Moraes Veiga

Baccos – Stud Cajuli

Questor Maximus – Stud Nunes de Miranda

Rufus Gê – Stud Nunes de Miranda

Faraoh Nilo – Stud Capitão

Selo Negro – Stud Cajuli

Podolski – Sinval Domingues de Araujo

Energia Important – Stud Gold Black

Kurdish – Stud Capitão

Final Road – Haras do Morro

Acteon Gaúcho – Stud Hulk

Quarteto de Cordas – Haras do Morro

Ombak Bagusse – Haras Clark Leite

Escasa – Haras do Morro

Roi Plantegenêt – Stud Nunes de Miranda

Isola Di Fiori – Haras do Morro

Dracarys – Ronaldo Cramer Moraes Veiga

Lookforthestars – Haras do Morro

Agassi – Stud Verde

Verso e Prosa – Stud Ilse

Last Hope – Coudelaria Jessica

Ghoul – Stud Verde

Famous Italian – Stud Palura

Risada Gaucha – Coudelaria Pelotense

Violino Solo – Haras do Morro

Gone Hollywood – Stud Verde








Fevereiro | 2018

Serenidade é a palavra de ordem para Ricardinho
01/02/2018 - 15h55min

João Cotta

Jorge Ricardo participa da abertura das provas da tríplice coroa neste domingo

“Estou mais tranquilo do que nunca. Serenidade nestas horas é a melhor opção”. Esta foi à resposta do campeão dos campeões, Jorge Ricardo sobre como estão suas expectativas quanto ao tão sonhado topo do mundo no número de vitórias. Ricardinho conversou conosco nesta quinta-feira e esclareceu a maior dúvida que paira sobre os turfistas brasileiros: E se igualar o recorde num dos páreos na Gávea domingo ou segunda? Segue montando?

“Caso vença, igualarei o recorde e não montarei os demais páreos. Não é justo com os argentinos. Sou um ídolo para eles também, então não seria justo não compartilhar esta alegria com eles também”, esclareceu Ricardinho, que pretende bater o recorde mundial de jóqueis, que atualmente pertence ao canadense Russel Baze (12.844), na Argentina.

O brasileiro atuará em duas reuniões portenhas  antes de chegar ao Brasil no domingo: na sexta, em Palermo, assinou dois compromissos, já no sábado, ele terá cinco oportunidades em San Isidro.  Perguntado sobre vencer com alguma destas montarias, ele foi incisivo.

“Se tiver faltando apenas uma, vou parar de montar. O importante é chegar aí faltando vitória para igualar o recorde na Gávea. Estou muito feliz em poder estar com os meus torcedores brasileiros neste momento tão importante. Tenhos muitas saudades de montar na Gávea, afinal, vivi momentos únicos por lá”, encerrou o craque.

Portanto, só nos resta aguardar as cenas dos próximos capítulos desta bela história sobre este fenômeno nas rédeas chamado Jorge Antônio Ricardo, de 56 anos, que atua no turfe desde 1976 e carrega no currículo vitórias em importantes provas, muitas estatíticas, enorme determinação e diciplina. O topo do mundo é só uma questão de tempo, as 12.844 estão logo ali. 

por Danielle Franca



<< Anterior Próxima >>










12.902

12.844















Coudelaria Atafona

Coudelaria FBL

Coudelaria Intimate Friends

Coudelaria Jessica

Coudelaria Pelotense

Haras Clark Leite

Haras Iposeiras

Haras Depigua

Haras do Morro

Haras Old Friends

Haras Planície

Haras Vale do Stucky

Jorge Olympio
Teixeira dos Santos

Ronaldo Cramer
Moraes Veiga

Stud 13 de Recife

Stud Brocoió

Stud Cajuli

Stud Capitão

Stud Cariri do Recife

Stud Elle Et Moi

Stud Everest

Stud Gold Black

Stud H & R

Stud Hulk

Stud Ilse

Stud La Nave Va

Stud Palura

Stud Quando Será?

Stud Recanto do Derby

Stud Rotterdam

Stud Spumao

Stud Terceira Margem

Stud Turfe

Stud Verde

Stud Wall Street

  Associação Carioca dos Proprietários do Cavalo Puro-Sangue Inglês