Cadastre-se e receba novidades:

Nome


E-mail

Mac Bol – Jorge Olympio Teixeira dos Santos

Hunter – Stud Everest

Natural Champion – Coudelaria Jéssica

Joka Tango – Stud Lagoa 26

Mem Cade Ce – Stud Verde

Gladiador Acteon – Stud HRN

Furacão – Stud Ilse

Maestro da Serra – Stud Cajuli

Jorge Cassas – Ronaldo Cramer Moraes Veiga

Ghoul – Stud Verde

Energia Istambul – Stud Ilse

Madame Renata – Stud Palura

Luigi Bros – Haras do Morro

Over–Mint – Ronaldo Cramer Moraes Veiga

Ghoul – Stud Verde

Mem Cade Ce – Stud Verde

Gladiador Acteon – Stud HRN

Joka Tango – Stud Lagoa 26

Baccos – Stud Cajuli

Useiroevezeiro – Stud Cariri do Recife

Hotel Dorchester – Stud Cariri do Recife

Amore Mio – Stud Capitão

Manancial – Stud Everest

Hammana – Stud Verde

Casual Elegance – Ronaldo Cramer Moraes Veiga

Faraoh Nilo – Stud Capitão

Baccos – Stud Cajuli

Questor Maximus – Stud Nunes de Miranda

Casual Elegance – Ronaldo Cramer Moraes Veiga

Luigi Bros – Haras Do Morro








Junho | 2018

O invicto Habile Bobby domina o Grande Prêmio Major Suckow (G1)
09/06/2018 - 17h10min

Gerson Martins

Abrindo as provas de G1 do 86º Festival do GP Brasil, o Grande Prêmio Major Suckow, disputado em 1.000 metros no gramado pesado, foi marcado pela belíssima apresentação do invicto Habile Bobby. O castanho conquistou o título de melhor velocista do país e também deixou sua marca, como o primeiro filho de Shanghai Bobby a vencer uma prova de G1 no Brasil.

Dada a largada, Waldomiro Blandi forçou e rapidamente Habile Bobby dominou o páreo com Ghoul correndo segundo e a parelha do Haras Rio Iguassu correndo nas terceira e quarta colocações. Ghoul acabou sobrando para quarto, atrás dos já citados. A seguir, corriam Consul American, Efetivo Bull, Cometa Karlo, Kapoor, Voando Sorrindo, Super Rapha e Essential Lord, e nesta ordem entraram na reta final do tradicionalíssimo Major Suckow.

Na reta final, Habile Bobby vinha firme na frente e vários animais buscavam um melhor posicionamento para emplacar suas atropeladas. Na altura dos 200 metros finais, o pensionista de M.Decki seguiu mantendo dois corpos de vantagem e alguns animais deram impressão de que poderiam brigar pela vitória, entre eles Ghoul, Schweinstiger, Efetivo Bull e Voando Sorrindo.

Resistindo a todos os ataques, o castanho com seus 504kg, venceu e entrou de vez para a história dos vencedores desta importante prova, defendendo seu favoritismo. Voando Sorrindo foi segundo, com Efetivo Bull e Schwenstiger completando a quadrifeta. Ghoul, o outro potro do páreo, completou o placar. A seguir chegaram Essential Lord, Kapoor, Consul American, Super Rapha, Pensando Em Grana e Cometa Karlo.

Pilotado pelo experiente Waldomiro Blandi e preparado no Paraná com muito capricho por Marcos Decki, Habile Bobby é um 2 anos, filho de Shanghai Bobby e Habile Bianca, por Mastro Lorenzo, criado pelo Haras di Cellius e de propriedade de Jamil Name. O castanho, que já havia vencido o Turfe Paranaense 2018, alcançou a sua quarta vitória, a primeira nobre, em quatro apresentações, parando os cronômetros em 56s86c.

Clique aqui e assista o replay do páreo.

Por Maria Teresa Morgado

 



<< Anterior Próxima >>










12.920

12.844

















Coudelaria Atafona

Coudelaria FBL

Coudelaria Intimate Friends

Coudelaria Jessica

Coudelaria Pelotense

Haras Clark Leite

Haras Iposeiras

Haras Depigua

Haras do Morro

Haras Old Friends

Haras Planície

Haras Vale do Stucky

Jorge Olympio
Teixeira dos Santos

Ronaldo Cramer
Moraes Veiga

Stud Brocoió

Stud Cajuli

Stud Capitão

Stud Cariri do Recife

Stud Elle Et Moi

Stud Everest

Stud Gold Black

Stud H & R

Stud Hulk

Stud Ilse

Stud La Nave Va

Stud Palura

Stud Quando Será?

Stud Recanto do Derby

Stud Rotterdam

Stud Spumao

Stud Terceira Margem

Stud Turfe

Stud Verde

Stud Wall Street

  Associação Carioca dos Proprietários do Cavalo Puro-Sangue Inglês