Cadastre-se e receba novidades:

Nome


E-mail

Surf The Waves - Ronaldo Cramer Moraes Veiga

Jet Set Event - Sinval Domingues de Araujo

Eurozone - Stud Eternamente Rio

Ponto Negro - Sinval Domingues de Araujo

Ponto Pacífico - Ronaldo Cramer Moraes Veiga

Sheikra - Haras do Morro

Ultra Querida - Sinval Domingues de Araujo

Jet The Hill - Sinval Domingues de Araujo

Janet Jackson - Sinval Domingues de Araujo

Banana Nanica - Julio Cesar Ferreira Moreira

Joe Maccartney - Stud Rotterdam

Time Is Money - Ronaldo Cramer Moraes Veiga

Time Is Money - Ronaldo Cramer Moraes Veiga

Charles Aznavour - Stud TNT

First Night - Stud Eternamente Rio

Feia Que Dói - Stud Eternamente Rio

Ta-Maluca - Stud São Francisco da Serra

Dawn Surprise - Sinval Domingues de Araujo

Inocupé - Stud Eternamente Rio

Ta-Maluca - Stud São Francisco da Serra

First Night - Stud Hulk

Energia Frizor - Haras Planície

Iron Man - Stud Doce Ilusão

Casual Elegance - Stud Catilena

Idiome - Stud Eternamente Rio

Bebe Real - Stud Ilse

Alpine Point - Ronaldo Cramer Moraes Veiga

Gabriela - Stud Eternamente Rio

Alpine Point - Ronaldo Cramer Moraes Veiga

Ponto Pacífico - Ronaldo Cramer Moraes Veiga





Leandro Henrique, o novo dono da raia carioca [27/08/2015]

Por favor. Não me falem em descarga de três quilos. E nem responsabilizem os páreos de índice técnico pelo sucesso do aprendiz Leandro Henrique. Isto seria tremenda injustiça com o garoto. Claro que ninguém é tão burro para não saber que a descarga favorece. Se não fosse assim ela não existiria para equilibrar as coisas entre os jóqueis experientes e os novatos. E também ninguém é ingênuo para não saber que as provas equilibradas por escala de peso beneficiam os pilotos leves. Mas, e o outro lado da moeda? Em qualquer esporte no Brasil, se um iniciante obtivesse, da noite para o dia, o resultado desta jovem promessa à mídia já teria estampado a sua biografia nas televisões, redes sociais e nos demais meios de comunicação. Os feitos notáveis do menino seriam tema nas mesas-redondas de esporte.

Mas, há muito tempo o turfe não sabe valorizar os seus ídolos. E se isso tem sido sempre foi assim, o que dizer então, das promessas de ídolo. Estes então, nem se fala. Na década de 70 e 80, Juvenal Machado da Silva e Jorge Ricardo, duas estrelas de primeira grandeza, foram responsáveis por manter os meios de comunicação de massa sempre vigilantes as suas proezas nas raias cariocas. Os recordes, os números, os duelos, enfim, tudo girava em torno deles para que o turfe conquistasse espaço nas páginas de esporte e nas televisões. Juvenal se aposentou. Ricardinho foi embora para a Argentina. Surgiram Dalto Duarte e Vagner Borges. Dois bons jóqueis, dois bons garotos. Porém, nunca se comportaram como ídolos carismáticos. Eles não sabiam como agir. Eles jamais receberam por parte dos dirigentes do Jockey Club Brasileiro, a orientação de como isto seria possível. 

Leandro Henrique está aí. Talentoso, trabalhador, educado e tranquilo. Começa a sua carreira, precedido da mesma fama que Neymar tinha quando subiu para o time profissional do Santos Futebol Clube. Todos sabiam que Neymar Júnior era acima da média do jogador de futebol comum. No turfe todos avisaram quando Leandro chegou de Pernambuco que o seu sucesso era inevitável. Se os treinadores de Neymar ficaram encantados como ele nos primeiros treinos coletivos, o mesmo aconteceu com Leandro. O professor da escola de aprendizes, Marcelo Cardoso fez os maiores elogios a ele, numa conversa particular comigo. “O menino tem tudo de bom. E não falo apenas pelo aspecto técnico, que é indiscutível, mas também pelo caráter e comportamento”, afirmou Cardoso com a autoridade de ter sido um dos jóqueis mais bem sucedidos do Brasil.

Leandro Henrique lidera a estatística carioca com 29 vitórias, em menos de dois meses de temporada. Se por um lado, à descarga de três quilos e os páreos de índice técnico lhe favorecem, de outro ele enfrenta na raia alguns dos melhores jóqueis em atividade no turfe nacional. Leandro está longe de casa, longe da família, enfrenta a disciplina rígida da escolinha de aprendizes, que o obriga a acordar diariamente às 4h30m da madrugada. Trabalha das 5h até às 9h da manhã e depois ajuda nas tarefas da escola. Assiste a palestras sobre veterinária, filmes das corridas, e outros assuntos relativos à perigosa profissão de jóquei. Da noite para o dia saiu do anonimato para ser o rival número um de todos os colegas na raia. Enfim, o cara a ser batido.

O turfe carioca deve apostar as suas fichas no garoto. Ele deve ser blindado contra as más influências. Ele precisa ser orientado com relação aos cuidados necessários da profissão. No início da carreira de Neymar, a diretoria do Santos disponibilizou psicólogo, nutricionista, fisiologista, preparador físico, enfim, tudo para que ele desse os seus primeiros passos no futebol. Os dirigentes do Jockey Club devem fazer o mesmo com a nova joia do turfe carioca. A caminhada de Leandro Henrique depende mais dele próprio do que de qualquer pessoa. Afinal, ele tem o respaldo da família, um bom agente de montarias, Danilo Aglio, e um instrutor competente, Marcelo Cardoso.

Mas, seria bom também, se o Jockey Club Brasileiro lhe desse tratamento especial. Um tratamento de estrela. Leandro Henrique é a melhor aposta do turfe carioca na atualidade. O menino prodígio pode levar o esporte de volta a mídia em geral e aos meios de comunicação de massa através do seu deslumbrante talento para montar. E com um detalhe mais importante: trazer jovens e crianças ao prado, todos curiosos para ver em ação o menino que desbanca os marmanjos no manejo das rédeas. A nova televisão do Jockey Club vai estrear emeleger L. Henrique o protagonista desta nova era.

por Paulo Gama



Cristal, comentários e indicações - Quinta-Feira [27/08/2015]

Divulgação

Hipodromo do Cristal

Onze páreos no Cristal

Hoje dia 27 de agosto, teremos onze páreos programados para pista de areia no hipódromo do Cristal. Destaque para os dois clássicos do dia.

No Clássico AGCPCC - Seleção de Potrancas - Dry Energy pode ir a forra desta feita, havendo uma provável briga na primeira parte do percurso entre a veloz Yes Prima e Xania Thunder.

Já no Clássico Antônio Ricardo - Seleção de Potros - Olympic Firewall tem tudo para seguir a série de vitória. Imprudente Marsh pode muito bem secundar o indicado, pois correu bem. Hipologo deixo para formação da trifeta.

A seguir, comentários e indicações para os páreos do Cristal. Boa sorte!



Turfistas repudiam a proibição do Jornal do Turfe no JCSP [25/08/2015]

Caros leitores,

Venho, por meio da presente, externar fundada indignação frente à censura imposta à circulação do Jornal do Turfe no Jockey Club de São Paulo. Como colaborador desse periódico, sinto-me igualmente vilipendiado na onipresente e constitucional liberdade de expressão.

Minha história familiar dá-me respaldo para repudiar toda e qualquer forma de repressão descabida, já que vivemos num custoso regime democrático, em que as pessoas podem expor livremente o que pensam, sendo apenas vedado o anonimato.

Vivencio, de maneira muito próxima, a dificuldade que é levar à circulação o mais importante semanário sobre cavalos e corridas da América Latina, sempre no dilema de informar, falando a verdade, o que nem sempre agrada a todos. E o Jornal do Turfe presta esse serviço incomensurável à comunidade turfística nacional, por noticiar gratuita e semanalmente, com precisão, tudo o que diz respeito ao ex-esporte dos reis, atualmente combalido segmento de atividade econômica .

Acostumei-me a fazer amigos no turfe e, da forma atual, é como se eu não pudesse falar a eles o que penso. Não pudesse dizer o quão absurda e insustentável é a situação do turfe paulista, que não cumpre com o compromisso de pagar prêmios há pelo menos 8 meses e que, ao que consta, encontra-se em atraso também com os seus funcionários, tudo isso em troca de um planejamento tributário sufocante para a atividade, como tal, deveras perigoso para o presente e futuro do setor no Estado de São Paulo, haja vista o patente êxodo de animais, profissionais, criadores e proprietários.

Mas se engana quem acha que para mim, o turfe não tem solução, sobretudo que advenha diretamente da própria atividade através das apostas. O que precisamos é de: TRABALHO, PERSEVERANÇA, INTELIGÊNCIA, ACESSIBILIDADE, VISIBILIDADE e TRANSPARÊNCIA.

Por isso, conclamamos todos os turfistas brasileiros que tenham de fato apreço pelos cavalos de corridas, para que estejamos juntos nessa batalha diária de fomentar nossa paixão e para nos levantarmos veementemente contra essa forma de tentar impedir que a informação chegue ao seu ve rdadeiro destinatário, aquele que ama o Jockey Club de São Paulo e que não deseja vê-lo fechado definitivamente.

Então, turfistas paulistas, dentre os quais me incluo com prazer, chegou finalmente a hora de tomar uma atitude definitiva, legal e quiçá estatutária, antes que seja tarde demais.

É o que precisava ser dito, o que espero e o que estou disposto a colaborar para que aconteça.

Fábio Câmara






Outras notícias:

[27/08/2015 - 15h27min] - Alan Maciel, M.L.Maciel, Stud 3 Irmãos e Indicativo são os lideres das estatísticas pernambucanas.

[27/08/2015 - 13h00min] - Bons lotes no Leilão Virtual da Pro Turfe

[27/08/2015 - 11h16min] - Cristal: pista e forfaits

[27/08/2015 - 10h40min] - Hoje, Leilão do Stud Alvarenga.

[27/08/2015 - 09h19min] - Altair Domingos continua a dar as cartas na Argentina

[26/08/2015 - 11h22min] - O turfe mundial irá parar em novembro

[26/08/2015 - 10h32min] - Encerrando as inscrições para o Leilão Pro Turfe

[26/08/2015 - 09h53min] - Ricardinho vence duas provas em La Plata

[25/08/2015 - 19h02min] - Colorado Girl é vendida para o exterior.

[25/08/2015 - 18h49min] - Nota de falecimento – César Augusto Gonçalves Pereira

[25/08/2015 - 16h59min] - Horário de publicação das indicações do Raia Leve

[25/08/2015 - 15h50min] - Em busca da barbada

[25/08/2015 - 10h52min] - Cristal terá concurso mensal de prognósticos

[25/08/2015 - 10h18min] - Páreos por índice técnico tem maioria na programação carioca

[25/08/2015 - 09h57min] - Altair Domingos soma mais dois pontos na estatística argentina

[24/08/2015 - 12h01min] - EUA: Confira os resultados dos brasileiros no final de semana

[24/08/2015 - 11h45min] - Cidade Jardim, comentários e indicações - Segunda-Feira

[24/08/2015 - 11h33min] - Gávea: pista, forfaits e bonificações

[24/08/2015 - 11h17min] - Gávea, comentários e indicações - Segunda-Feira

[24/08/2015 - 09h39min] - Cidade Jardim: pistas, forfaits e bonificações

[24/08/2015 - 09h04min] - Leandro Henrique segue deitando e rolando na Gávea

[24/08/2015 - 09h01min] - Altair Domingos amplia vantagem na estatística argentina

[24/08/2015 - 08h59min] - De ponta a ponta, Indicativo, vence principal páreo na Madalena.

[23/08/2015 - 21h56min] - EUA: Bal a Bali, o favorito do páreo, finalizou em quinto na Del Mar Mile

[23/08/2015 - 20h43min] - EUA: Holding Glory servirá de reprodutor na Nicks Farm em Indiana





As provas clássicas ao longo dos anos

Grande Prêmio José Cerquinho de Assumpção (Gr.II) - Cidade Jardim - 22/08/2015













12.525

12.636

























  Associação Carioca dos Proprietários do Cavalo Puro-Sangue Inglês