Cadastre-se e receba novidades:

Nome


E-mail

Neville - Haras Figueira do Lago

New Prada - Stud Everest

Palavra Cantada - Haras do Morro

Nerd - Haras Figueira do Lago

Ile Nue - Haras do Morro

New Prada - Stud Everest

Heintz - Jorge Olympio Teixeira dos Santos

Madame Indy - Haras do Morro

Omega Tres - Haras Iposeiras

Danish Ship - Stud Rotterdam

Mstraubarry - Stud Verde

Rei do Caviar - Coudelaria Atafona

Melhor Maneira - Stud Verde

Hispaniola Time - Haras Iposeiras

Gene Pool - Stud Best Friends

Tenacious - Stud Ilse

Manancial - Stud Everest

Antigua - Coudelaria Atafona

La Gorda - Stud H & R

Joka Tango - Haras do Morro

I Saw Everything - Stud H & R

Quero Bis - Haras Clark Leite

Nebula - Jorge Olympio Texeira dos Santos

Hispaniola Time - Haras Iposeiras

Sulina - Jorge Olympio Teixeira dos Santos

Rita Di Cascia - Haras Clark Leite

Mais Que Bonita - Stud Eternamente Rio

It Came From - Stud H & R

Nergy Of Tiger - Stud Cajuli

Manancial - Stud Everest






Gávea: indicações – terça–feira, por Jorge Olympio [24/11/2020]

1: Casanova Thunder (2) - Black Soldier (3) - Westbrook (5)

2: Olympic Joyce (7) - Estagiária Bryan (2) -Falcao da Lagoa (6)

3: Nadjamena (2) - Pat Rafaela (7) - Pukka (6)

4: Leiria (6) - Legítima Defesa (5) - Ninas Gold (3)

5: Ganhador (7) - Noble Wells (4) - Special Envoy (2)

6: Delimon (8) - Fantino Danafer (1) - Delaware Deal (4)

7: Egmont (6) - Herdade (2) - Higher Talent (5)

8: Inspetor Fong (1) - Juan Acteon (6) - Zizinho Mestre (3)

9: Suave Kick (10) - Luca Brasil (4) - Acelerador (6)



Gávea: comentários e indicações – terça–feira, por Julio Ponte [24/11/2020]

1°: 5-2-7

Westbrook (5) reapareceu perdendo para tempo muito bom e hoje misturado com as fêmeas é ótima indicação para abrirmos o programa. Casanova Thunder (2) que ganhou fácil páreo fraco fica para a dupla. Brenda Light (7) depois.

2°: 7-6-2

Mesmo misturada com os machos fico com a Olympic Joyce (7), que vem de bom segundo para égua que repetiu domingo. Para a dupla deixo o Falcão da Lagoa (6) que está muito maduro. Estagiária Bryan (2) que estreou muito apostada e decepcionou fica como tertius.

3°: 7-2-6

Fico aqui com a Pat Rafaela (7) que parece ser a que se defende melhor em pista de areia. Ndjamena (2) está muito madura e mesmo na areia pode chegar na briga. Pukka (6) que sabe mais do que vem fazendo é o tertius.

4°: 6-5-1

Hoje de L1 acredito que a atropeladora Leiria (6) finalmente irá vencer. Legítima Defesa (5) que vem de boa corrida em páreo duro na grama fica para a dupla. Fuego em Sueños (1) depois.

5°: 2-7-5

Special Envoy (2) e Ganhador (7) venceram muito fácil em suas últimas apresentações e devem decidir por aqui. Fico com a ordem. Pat o’Brien (5) é o tertius.

6°: 4-9-7

Hoje pegando o claiming na areia acredito que o Delaware Deal (4) irá confirmar a sua vitória esmagadora na turma e passar na frente aqui. Hard Country (9) que reapareceu vencendo fácil desce para o claiming como grande rival. Rigoletto (7) depois.

7°: 8-7-2

Como acredito que o páreo terá um "train" rachado na frente fico com o Manancial (8) que deve correr mais acomodado para atropelar no fim como vinha fazendo em suas últimas vitórias. Gasômetro (7) que também irá vir de trás fica para a dupla. Herdade (2) é o tertius.

8°: 1-3-6

Reaparece em turma bem favorável o Inspetor Fong (1) que se estiver bem deve vencer sem susto. O irregular Zizinho Mestre (3) decidirá a dupla com o Juan Acteon (6) que também volta do Tarumã.

9°: 10-1-4

Na última o Suave Kick (10) teve hemorragia grau 4 e fracassou por completo. Hoje numa turma muito camarada basta não sangrar para passar na frente. Maracuja Sweet (1) que voltou a correr bem forçando turma fica para a dupla. Luca Brasi (4) depois.



Páreo Corrido, por Paulo Gama [24/11/2020]

O TURFE E A INEXORÁVEL HERANÇA DE SANGUE

O protagonista no turfe é sempre o puro-sangue inglês. E tudo gira em torno da herança sanguínea transmitida pelos reprodutores e matrizes aos seus descendentes. Baseado nesta genealogia básica, o rumo individual de cada produto é programado pelos criadores e proprietários. E, com raras exceções, os filhos apresentam as mesmas características de correr e preferência de raia comuns as demonstradas anteriormente por seus pais nas pistas dos hipódromos. Por incrível que pareça, através dos anos de militância turfística, pude perceber que o mesmo acontece com relação aos profissionais de turfe, sejam jóqueis, treinadores ou cavalariços. Os filhos destes trabalhadores, muitas vezes recebem o legado dos seus pais, dentro de casa, nos primeiros anos de vida, e dão continuidade aquele serviço particularmente ligado ao cavalo de corrida. Assim temos a descendência ratificada.

O saudoso Antônio Ricardo, um dos melhores de todos os tempos, desde cedo passou para Jorge Ricardo os segredos da arte de montar. O mesmo aconteceu com várias famílias de treinadores. Os clãs dos Morgado, Feijó, Ulloa, Paim, Coutinho, etc. No segundo páreo, de ontem à tarde, no prado carioca, este fenômeno cultural, e também social, aconteceu diante dos meus olhos. Dona Vera, esposa de Luiz Arthur Fernandes, e mãe de Luiz Felipe Fernandes e de Luiz Artur Fernandes Filho, ambos treinadores, estava ao lado deles, no hipódromo. Na raia, o potro Ile Au Tresor, criado no Haras Santa Maria de Araras, e de propriedade de Luiz Henrique Flores dos Santos, fazia o galope de apresentação. O filho de Put It Back estava lindo de morrer, porém um pouco nervoso.

Arturzinho, ansioso, esfregava as mãos com ansiedade. Dona Vera justificava para mim a enorme expectativa do filho. "É muita responsabilidade treinar um potro tão bom como este". Luiz Felipe sumiu de repente. Foi assistir o páreo em outro lugar. Talvez na Tribuna. Não sei. Ile Au Tresor largou bem e acompanhou o páreo aos saltos. Jorge Ricardo assumiu a dianteira e o triunfo veio com autoridade. Os amigos berravam e se abraçavam a Arturzinho. Luiz Felipe apareceu aos berros em direção a balança, na Repesagem. Não pude evitar a imediata viagem no tempo. Quantas vezes eu já tinha visto aquela mesma euforia e gritaria protagonizada, há 30 anos atrás, pelo pai destes jovens, que eram então apenas crianças. Agora, eles estão ali. Adultos, casados, e com a mesma paixão do pai. Um treinador que passou para eles não apenas este dom maravilhoso de cuidar de cavalos. Mas, acima de tudo, a paixão e alegria incontroláveis de todos nós turfistas. A sensação indescritível de acertar um páreo. Parabéns, amigo Luiz Artur. Os garotos, fique tranquilo, vão muito bem, obrigado.

PURO-SANGUE MELHOR APRESENTADO

José Ferreira dos Reis brilhou na apresentação de Jersey Cat, do Stud Guararapes. Ninguém passou mais bonito do que ele no galope de apresentação. Na raia um passeio na parceirada do filho de Discreet Cat. Reizinho tem amadurecido cada vez mais na profissão e os seus cavalos estão sempre muito bonitos. Jorge Ricardo teve muito pouco trabalho para marcar mais um ponto.

JOQUEADA DA SEMANA

Bruno Queiroz esteve frio, preciso e sóbrio no dorso de Raquel’s Story, do Stud Eternamente Rio e bem apresentada por Marcos Ferreira. Ciente do perfeito estado atlético de sua conduzida, Bruninho não se preocupou com a disparada dos mais velozes. Trouxe a sua pilotada na hora certa e comemorou mais uma taça na prateleira de sua casa. Apesar da pouca idade, ele demonstra amadurecimento rápido, ou talvez seja melhor dizer precoce, para um profissional tão jovem. Este vai longe...

PERSONAGEM

O que dizer deste incansável atleta, que aos 59 anos, e 13.024 vitórias, novo recorde mundial, comparece a todos os matinais da Gávea, sempre o primeiro a chegar e o último a sair? Jorge Antônio Ricardo é um ídolo do turfe incomparável. Amor incondicional pela profissão. Exemplo para os aprendizes e alunos da escolinha. Orgulho para todos nós turfistas, que temos o privilégio de presenciar as suas intermináveis façanhas. Um mito do esporte nacional.

SÃO PAULO

Muito boa a programação clássica desta semana, no Hipódromo de Cidade Jardim. Destaque para o Grande Prêmio Governador do Estado, em 1.600 metros, na grama, e para a Copa Japão de Turfe, no mesmo percurso, para éguas de 3 anos e mais idade. Na programação do dia 28 de novembro ainda serão corridos o Clássico Luiz e José Vieira de Carvalho Mesquita, em 2000 metros, na grama, e a Prova Especial Northon, em 2.200 metros, na areia, para produtos de 3 anos e mais.






Outras notícias:

[24/11/2020 - 09h02min] - Raquel’s Story se impõe na Prova Especial

[24/11/2020 - 07h20min] - Destaques do Leilão Virtual da PRO TURFE desta quinta–feira, 26/11

[23/11/2020 - 14h27min] - Gávea: indicações – segunda–feira, por Jorge Olympio

[23/11/2020 - 12h44min] - Gávea: comentários e indicações – segunda–feira, por Julio Ponte

[23/11/2020 - 08h49min] - Perigoosa vence por desclassificação de Mais Que Bonita

[23/11/2020 - 07h14min] - 34 Leilão do GP Paraná traz grandes atrações.

[22/11/2020 - 14h01min] - Comentários de Leo Friedberg – Leilão PRO TURFE de quinta–feira, 26 de novembro

[22/11/2020 - 11h33min] - Gávea: comentários e indicações – domingo, por Julio Ponte

[22/11/2020 - 11h32min] - Gávea: indicações – domingo, por Jorge Olympio

[22/11/2020 - 09h23min] - Comentários do treinador J.F.Reis sobre suas inscrições da semana na Gávea

[22/11/2020 - 09h19min] - Panorama de Cidade Jardim

[21/11/2020 - 17h34min] - Filha de égua brasileira ganha no Japão

[21/11/2020 - 17h12min] - Mais comentários importantes sobre o Leilão de Treinamento da PRO TURFE de 26/11

[21/11/2020 - 06h43min] - Maximum Security na reprodução

[20/11/2020 - 15h22min] - Super leilão do GP Paraná dia 03/12

[20/11/2020 - 11h29min] - LEILÃO Virtual de Treinamento da PRO TURFE – 26/11 às 18h

[20/11/2020 - 08h46min] - Bastidores da Gávea, por Leandro Mancuso

[19/11/2020 - 16h23min] - Recife: Fothochart digital, mais uma grande aquisição para o JCPE.

[19/11/2020 - 09h33min] - Luís Esteves e os segredos do Vale do Marmelo

[19/11/2020 - 08h46min] - Comentários de Leo Friedberg sobre os inscritos no Leilão PRO TURFE de quinta–feira 26/11

[18/11/2020 - 12h02min] - Royal Ship retorna sábado nos EUA

[18/11/2020 - 09h43min] - LEILÃO Virtual de Treinamento da PRO TURFE – 26/11 às 18h

[18/11/2020 - 06h54min] - Vencedores da semana no Hipódromo da Gávea

[17/11/2020 - 13h02min] - MGA da Gávea fica acima de R$ 700 mil

[17/11/2020 - 13h01min] - Gávea: indicações – terça–feira, por Jorge Olympio





Grande Prêmio João Borges Filho (G2) - Gávea - 02/08/2020



Grande Prêmio Mário de Azevedo Ribeiro (G3) - Gávea - 02/08/2020









13.024

12.844



















Coudelaria Atafona

Coudelaria FBL

Coudelaria Intimate Friends

Coudelaria Jessica

Coudelaria Pelotense

Haras Clark Leite

Haras Iposeiras

Haras Depigua

Haras Figueira do Lago

Haras do Morro

Haras Old Friends

Haras Planície

Haras Vale do Stucky

Jorge Olympio
Teixeira dos Santos

Ronaldo Cramer
Moraes Veiga

Stud Brocoió

Stud Cajuli

Stud Capitão

Stud Cariri do Recife

Stud Cezzane

Stud Embalagem

Stud Everest

Stud Gold Black

Stud H & R

Stud Hulk

Stud Ilse

Stud La Nave Va

Stud Palura

Stud Quando Será?

Stud Recanto do Derby

Stud Rotterdam

Stud Spumao

Stud Terceira Margem

Stud Turfe

Stud Verde

Stud Wall Street
  Associação Carioca dos Proprietários do Cavalo Puro-Sangue Inglês