Cadastre-se e receba novidades:

Nome


E-mail

Gigante de Ouro - Sinval Domingues de Araujo

Itauba Sarge - Sinval Domingues de Araujo

Briskly - Sinval Domingues de Araujo

Athomic - Haras Santa Rita da Serra

Hide Park - Ronaldo Cramer Moraes Veiga

Magique - Sinval Domingues de Araujo

Infinit Hill - Sinval Domingues de Araujo

Vizir de Bagé - Sinval Domingues de Araujo

Jurong - Stud Catilena

Carlos Galopito - Stud CHA

Jurong - Stud Catilena

Magnetita - Haras Planície

La Martina - Haras Planície

Jurong - Stud Catilena

Nhati - Sinval Domingues de Araujo

Alpine Point - Ronaldo Cramer Moraes Veiga

Jad Rafaela - Coudelaria Jessica

Bullfighter - Jorge Olympio Teixeira dos Santos

Florismundo - Haras The Best

Oregon Pine - Stud São Francisco da Serra

Paint Naif - Stud São Francisco da Serra

Best From Intimate - Stud CHA

Torpedaço - Haras The Best

Cana de Punta - Haras Iposeiras

Chelsa - Haras The Best

Rothschild - Sinval Domingues de Araujo

Ogiva Emblematica - Sinval Domingues de Araujo

Magique - Sinval Domingues de Araujo

Make My Day - Ronaldo Cramer Moraes Veiga

Nhati - Sinval Domingues de Araujo





Gávea, comentários e indicações - Sexta-Feira [31/10/2014]

Prova Especial Know Heights, o destaque desta noite

O Jockey Club Brasileiro formou programa com dez páreos – todos na pista de areia - para esta sexta-feira, dia 31 de outubro, a partir das 18 horas, no Hipódromo da Gávea, mais uma vez em reunião solitária.

A principal atração da noite é a Prova Especial Know Heights (4º páreo), em 2.200 metros, para produtos de 3 anos e mais idade, com os seguintes cinco competidores, e respectivos jóqueis, já conhecida a deserção de Valerianus: Ballpoint (V. Borges), Alta Definição (V. Gil), Montardon (D. Duarte), Bayley (C. Lavor) e Energia Destaque (A. Mota).

O Pick7 começa no 4º páreo; o Betting5, com bonificação de R$ 35 mil, no 6º páreo; e o Super Betting, com bonificação de R$ 20 mil, no 8º páreo.

O Pick3 inicial – bonificação de 100% - tem como páreos obrigatórios o 1º e o 2º e o segundo Pick3 – também com bonificação de 100% - tem como páreos obrigatórios o 5º e o 7º.

A seguir, comentários e indicações. Boa sorte!



Ziggurat voou nos metros decisivos e venceu o Clássico Santos Dumont [30/10/2014]

Youtube

Ziggurat atropelou para vencer a principal prova do dia

A principal prova dessa quinta-feira no Hipódromo do Cristal, o Clássico Santos Dumont, prova reservada a produtos de 3 anos e mais idade nos 1.200 metros da pista de areia, teve a incrível vitória de Ziggurat.

No pulo de partida, Like It Or Lump It e Vingador Mascarado saíram com pressa dos boxes e assumiram as primeiras posições. Um pouco distante surgia Kinder Halo, Ziggurat, Quick Heart e Fernand Gais. No final da reta oposta, Vingador Mascarado assumiu francamente a primeira posição. Like It Or Lump It era o segundo mas duplamente atacado por Kinder Halo e Quick Heart que fez a diagonal.  Quick Heart ultrapassou um a um e foi buscar a primeira posição junto com Vingador Mascarado. Ao contornarem a curva e entrarem na reta final, Quick Heart entrou dominando, mas ao seu lado surgia Vingador Mascarado que já diminui seu ritmo e Kinder Halo, com fome de vitória. Kinder Halo e Quick Heart travaram uma linda briga pela primeira posição. Enquanto os dois disputavam cabeça a cabeça a vitória do clássico, foi ai que surgiu Ziggurat voando baixo pelo externo da pista. Sem dar chance para seus adversários, Ziggurat cruzou o disco na primeira posição, livrando meio corpo de vantagem sobre o segundo colocado Quick Heart. Kinder Halo, Vingador Mascarado, Like It Or Lump It e Fernand Gais, completaram o marcador. 

Ziggurat é um filho de Music Prospector e Anoranza por Stuka, de criação do Haras Pirassununga e de propriedade de Helio Santos da Frota. Na carreira de número 50 de sua campanha, Ziggurat chegou a sua décima quinta vitória. Preparado no Rio Grande do Sul por D.Peres e conduzido por Y.Toebe, Ziggurat registrou o tempo de 1m15s20 para a distância.

Clique aqui e assista o replay do páreo.

 

Por LuizMelão



J. Ricardo admite fase ruim e não descarta voltar ao Brasil [29/10/2014]

LuizMelão

Jorge Antônio Ricardo ocupa a segunda colocação no ranking mundial de jóqueis - Baze 12.408 x 12.307 Ricardo - e a terceira posição na estatística geral do turfe argentino da atual temporada - Pablo Falero lidera com 300 vitórias; Altair Domingos, o segundo, com 204; Jorge Ricardo, com 201, é o terceiro; e mais afastado, em quarto lugar, Juan Vilagra, que soma 149 êxitos. Tudo com jóqueis de excelente padrão. O brasileiro já ultrapassou as 200 vitórias em 2014, mas como tem um nível de exigência tão grande consigo mesmo, admitiu, em conversa com o site Raia Leve, que a temporada atual tem sido ruim para ele. Ricardinho lembra que, nos anos anteriores, sempre obteve mais de 400 vitórias na Argentina. E agora, segundo ele, deve somar no máximo 250, até o final do ano. Aos 53 anos, Ricardinho reconhece que a disputa com o canadense Russell Baze pelo topo do mundo está muito difícil. E, pela primeira vez, afirmou não estar descartada a possibilidade de seu retorno ao Brasil, hipótese que não estava em seus planos para antes do final da carreira.

“A temporada tem sido difícil. São vários os fatores que contribuíram para a redução do meu número habitual de vitórias. Em primeiro lugar, o Stud Rubio B, de quem sou contratado, ganhou bem menos do que de costume. À essa altura da temporada, nos últimos três anos, a coudelaria já tinha ultrapassado 100 vitórias. Em 2014, somamos pouco mais de 70. Além disso, a gravidade da fratura que sofri no cotovelo causou certa desconfiança entre alguns proprietários e treinadores, que deixaram de me prestigiar. Reconheço que voltei sem a flexibilidade ideal no braço direito, mas era preciso adquirir ritmo e isso só poderia acontecer nas competições. Agora, estou em boa forma atlética, mas reconheço que será preciso algum tempo para que todos vejam isso”, desabafa.

No momento, o duelo com Russell Baze está bem desigual, segundo o próprio Ricardinho, que fi cou a 101 pontos do canadense. Ricardo monta nos sete dias na semana e Baze em apenas quatro. Porém, a competitividade do turfe argentino não tem permitido um confronto equilibrado entre eles. ”Baze monta em apenas quatro dias da semana. Entretanto, nesses dias tem à disposição quase todos os favoritos. Dessa forma, marca de dois a quatro pontos por dia e, no final da semana, soma em torno de 12 triunfos. Eu participo de provas com 14, 15 ou 16 concorrentes enfrentando jóqueis de alto nível técnico. No interior da Califórnia, todos torcem pelo Baze. Aqui em Buenos Aires, é enorme a rivalidade entre jóqueis provenientes de todos os países da América do Sul. Trata-se de um autêntico “pega pra capar”, conta o brasileiro.

A hipótese de voltar ao turfe brasileiro de imediato, antes descartada por Jorge Ricardo, não está totalmente fora de cogitação nesse momento. A crise financeira na Argentina é muito grande e já existe boa distância entre as duas moedas, segundo ele. “Cem mil pesos argentinos são apenas 17 mil reais. O problema mesmo é a diferença de patamar entre as duas atividades turfísticas, pois aqui o turfe não sofre interferência dos problemas econômicos vividos pelo país. Mas ainda não decidi sobre meu futuro”.

Aos 53 anos, Ricardo fala da dura rotina do turfe argentino, em que ele precisa trabalhar em dois hipódromos -Palermo e San Isidro - diariamente, e montar sem parar. “As coisas não são fáceis, é tudo muito competitivo. E eu já não sou aquele garoto de 20 ou 30 anos. Para voltar ao Brasil agora, eu teria de receber uma proposta boa. Pretendo encerrar a carreira em meu país e percebo que a única vantagem de voltar mais cedo seria o apoio dos fãs e dos brasileiros. Isso já acontece com o Baze nos Estados Unidos. Todos torcem por ele. Na verdade, o que me mantém nas pistas é a vontade de encerrar a carreira como número 1 do mundo outra vez. Já consegui isso duas vezes e adorei tal sensação. Mas ele também é um grande jóquei e tem o mesmo sonho que eu acalento”, finalizou Ricardo, dando esperanças aos fãs brasileiros de poderem retomar, em breve, com o convívio diário com o campeão.

por Paulo Gama






Outras notícias:

[31/10/2014 - 09h17min] - Páreos obrigatórios do segundo Pick3 e bonificações para hoje

[31/10/2014 - 09h12min] - Lagoinha: sete inscritos no GP Cidade de Goiânia

[30/10/2014 - 20h45min] - Nos Bastidores da Madalena / Corridas em Recife só em novembro

[30/10/2014 - 20h44min] - Tabela de pesos dos jóqueis do turfe pernambucano

[30/10/2014 - 14h59min] - França: Gaga A é quinto em Grupo 3 em Saint-Cloud

[30/10/2014 - 10h19min] - Cristal: ferragem completa

[30/10/2014 - 10h18min] - Cristal: pista, forfaits e bonificações

[30/10/2014 - 09h31min] - Clássico Santos Dumont, a atração do dia no Cristal

[30/10/2014 - 08h56min] - Nota Oficial do Jockey Club do Paraná

[29/10/2014 - 15h37min] - Dois representantes do Rio entre os 14 pré-inscritos no GP Derby Paulista

[29/10/2014 - 15h36min] - GP Diana tem 14 pré-inscritas, quatro delas do turfe carioca

[29/10/2014 - 10h31min] - Liminar foi responsável pelo cancelamento da assembleia no Jockey paranaense

[29/10/2014 - 10h29min] - Jóquei R. Salgado é o mais multado da semana

[29/10/2014 - 10h29min] - Profissionais suspensos esta semana, na Gávea

[29/10/2014 - 10h28min] - Páreos cujos exames foram enviados para a França

[29/10/2014 - 10h27min] - Pedido de matrícula de treinador é deferido

[29/10/2014 - 10h27min] - Jóqueis e aprendizes terão de aferir os pesos na próxima segunda-feira

[29/10/2014 - 10h26min] - Dois treinadores advertidos

[29/10/2014 - 10h24min] - Fonte Azul, tem hemorragia grau V e só poderá correr a partir do dia 25 de novembro

[29/10/2014 - 10h09min] - Animais retirados por problemas veterinários

[29/10/2014 - 10h08min] - F. Dias escapa da primeira suspensão

[29/10/2014 - 09h25min] - Vagner Borges tem três montarias manhã no Cristal

[28/10/2014 - 20h58min] - Tarumã: Assembléia Geral Extraordinária foi CANCELADA

[28/10/2014 - 13h04min] - Lagoinha: sete inscritos no GP Cidade de Goiânia

[28/10/2014 - 09h44min] - Dalto Duarte volta ao pódio





As provas clássicas ao longo dos anos

Grande Premio Marciano de Aguiar Moreira (GII) - Gávea - 26/10/2014

















12.307

12.408

























  Associação Carioca dos Proprietários do Cavalo Puro-Sangue Inglês